O ogro azul dos fãs de anime e mangá…

Rizelmine


Shimashou shimashou shimashou

Shimashou shimashou shimashou

“Um romance divertido e complicado, cheio de surpresas e ótimas piadas. Mimashou?”

Relatando…

Tomonori Iwaki é um garoto de 15 anos de idade que gosta de mulheres mais velhas. Ele estava apaixonado por sua professora, mas ficou extremamente decepcionado ao saber que ela ia se casar e pra piorar a história, ele também foi forçado a se casar, mas não com uma mulher mais velha, e sim com uma garotinha de 12 anos, tudo devido ao poder do governo, que forçou ele a se casar.

Rizel é uma garotinha de 12 anos super feliz, mas que tem duas pequenas diferenças em relação as outras garotas. A primeira é que ela tem 3 pais, que são agentes do governo, e 3 mães, que são cientistas que trabalham pro governo, e a segunda é que suas lágrimas são feitas de nitroglicerina, ou seja, quando ela chora vai tudo pelos ares. Ela também não se lembra de muitas coisas do seu passado, mas de uma coisa ela sabe, que ama um garoto chamado Tomonori Iwaki. E devido a imposição do governo, ela e Iwaki acabam se tornando Marido e Mulher.

Iwaki ao receber a notícia de que devia se casar com Rizel  imediatamente recusa, isso acaba por fazer Rizel chorar e assim ele descobre sobre a diferença das lágrimas de Rizel em relação as das outras pessoas, diferença essa que será um tormento em sua vida. Além disso, ele acaba tendo que conviver com ela por imposição do governo, convivência bem vista por seus pais que recebem uma recompensa toda vez que sua casa sofre danos devido as lágrimas derramadas por Rizel.

Rizel acaba também por frequentar a escola de Iwaki e por descobrir mais e mais coisas sobre o mundo fora do laboratório onde morava, faz muitos amigo e também faz, com Iwaki, muitas coisas pela primeira vez. Iwaki acaba sofrendo muito ao ter que suportar as lágrimas de Rizel e a convivência amigável entre seus pais e  os 3 pais de Rizel, e acha que os seus pais, praticamente o venderam para o governo, no entanto, aos poucos, ele também conhecerá mais e mais coisas que ele nunca tinha pensado que ia conhecer, e percebe que além de agitada, estranha e quase mortal, a vida que tem ao lado de sua adorável esposa será inesquecível e que Rizel será alguém muito importante para ele.

Sobre a obra

Rizelmine é um anime feito em colaboração entre os estúdios m.o.e, IMAGIN e MADHOUSE e é baseado no mangá homônimo de Yukiru Sugisaki. Teve ao todo 24 episódios que contam uma história que se foca nas situações inusitadas que ocorrem durante convivência entre Iwaki e Rizel, como por exemplo, as várias vezes que a casa de Iwaki explode, ou como ele explicará para seus amigos sobre sua relação com Rizel, ou como é complicado explicar sobre o que significa fazer  o “C”, e como ele salvará Rizel das garras de um garoto de seu colégio que adora garotinhas de 12 anos, especialmente aquelas, que como Rizel, usam calcinhas com estampa de ursinho.

A série de animação é uma comédia leve, com toques de mistério e um pouco de lolicon. A animação é boa, mas não há nenhuma cena que exija uma animação mais detalhada. As músicas do anime combinam perfeitamente e são bem típicas de animes que misturam lolicon, comédia e ficção. A dublagem é um dos pontos fortes do anime e conta com uma equipe de primeira, da qual destaco: Rie Kugimiya, Kappei Yamaguchi e Rie Tanaka. O character design ficou por conta de Miwa Oshima que é especialista em séries ecchi e que fez um trabalho de primeira usando os personagens quase infantis do mangá de Sugisaki e criando um designer perfeito para a animação sem exagerar no ecchi e sem infantilizar a série. A grande falha de Rizelmine é um uso às vezes exagerado de clichês de séries de comédia que tem personagens adolescentes como principais.

Opinando…

É o melhor lolicon que  já vi e uma das melhores comédias deste gênero, contando com tudo pra ser um velho anime harém*, mas que não é este tipo de série. A obra vai muito além do comum do típico lolicon com comédia, ela introduz drama  e mistério e conta com personagens que agradam e irritam você, ou seja, uma história que realmente faz você sentir várias sensações, e que apesar de parecer que vai ter aquele típico final feliz, consegue convencer que o final feliz não é um velho clichê, mas sim uma consequência de uma história que pode ser bem mais imprevisível do que imagina. Rizelmine tem muitos clichês sim, mas também é o primeiro e talvez único anime em que mostre o como fazer um coisa pela primeira, por mais idiota que seja, é inesquecível. O anime tem coisas bem estranhas e que vão fazer muitos se divertirem ao assisti-lo. Algumas cenas que eu acho marcantes em Rizelmine é quando o Iwaki  arremessa a Rizel pela primeira vez e ela fica feliz como se isso fosse algo especial e a última cena das garotinhas que são parecidas com a Rizel e que vem de outros países.

Curiosidade

Algumas curiosidades sobre Rizelmine, ou melhor, sobre dois dubladores de Rizelmine, são que a Rie Kugimiya, que dubla a Rizel, dubla também o Alphonse Elric em Full Metal Alchemist (Hagane no Rekinjutsushi) e ela chegou a dubla também três personagens diferentes no mesmo anime, esse anime trata-se de Bleach, onde ela dubla a Kurosaki Karin (Irmã do personagem principal), a Kurotsuchi Nemu (tenente do 12º esquadrão) e a Lily (um dos espíritos da Orihime). E outra curiosidade é que Kappei Yamaguchi, o dublador do Iwaki, é nada menos que o dublador japonês de Goku no filme Dragon Ball: Evolution.

*Anime Harém – Anime que conta com um personagem principal que se envolve com diversas garotas diferentes que geralmente o maltratam devido a coisas que ele fez, geralmente sem a menor intenção. Estes animes pertencem sempre ao gênero ecchi.

Anúncios

Comentários em: "Rizelmine" (2)

  1. Makoto-kun disse:

    Massa o texto. Esse anime eu vi em 1 semana, por causa de um desafio de ver 65 eps em 1 semana, e como esse tem eps de 15 minutos, ajudou muito! XD

    Uma frase que destacaria no texto é sobre o final: “apesar de parecer que vai ter aquele típico final feliz, consegue convencer que o final feliz não é um velho clichê, mas sim uma consequência de uma história que pode ser bem mais imprevisível do que imagina.”

    Foi essa a sensação que tive. O Final foi o feliz, aparentemente óbvio, mas que deixa quem tá assistindo plenamente satisfeito! Muito boa recomendação mesmo!

  2. Nakoruru disse:

    Eu li o mangá!!!!!!!! É a coisa mais fofa e engraçada do mundo!!!!! *—–*

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: