O ogro azul dos fãs de anime e mangá…

Tide Line Blue


Bem vindo ao planeta Água!

“Um anime que mostra que a guerra nunca é a saída, e que humanos podem viver em harmonia mesmo diante de grandes privações. Um anime sessão da tarde com uma turminha do barulho que vai lutar por um mundo melhor.”

Relatando…

Keel e Teen são irmãos que nasceram após a catástrofe chamada “Martelo do Eden”. Esta catástrofe fez com que o planeta Terra ficasse 90% submerso.  Keel e Teen viveram parte de sua infância  em uma estação espacial junto a seus pais. Seu Pai era um grande pesquisador que tinha como missão  criar o primeiro mapa do planeta após o “Martelo do Eden”, porém prevendo a queda da estação espacial dentro de um tempo indeterminado, ele mandou seus filhos e mulher de volta a Terra, afim de que eles sobrevivessem e  para que no futuro pudessem ver o  resultado de seu trabalho. Pouco depois de voltarem a terra Keel e sua mãe separam-se de Teen.

O anime começa de fato com Keel, já adolescente, vivendo em Yabitsu uma ilha onde reside  a líder da Organização das Nações Unidas, Aoi. Esta possui um carinho especial por Keel e tem este como um filho, apesar de não ser sua verdadeira mãe. A mãe de Keel morreu ainda quando ele era criança e desde então ele vem recebendo ajuda de Aoi, porém não a obedece e prefere viver solto e aplicando golpes pela ilha. A única pessoa que consegue acalmar Keel é Isura, uma jovem que está grávida e por quem Keel é apaixonado, porém ele não é o pai do filho dela.

Apesar da paz aparente a vida de Keel muda completamente após Glud, um antigo amigo Aoi  e atual capitão do submarino nuclear Ulysees, atacar Yabitsu com mísseis, tornando necessário a evacuação da ilha, no entanto no momento da evacuação o filho de Isura resolve nascer. Keel não sabe como agir, mas Teen, que é subordinado de Glud, aparece e acaba fazendo o parto, mas desaparece logo em seguida.  Diversas circunstâncias acabam levando Keel a acreditar que Aoi o traiu e a se abrigar no submarino Ulysees aos cuidados de Glud. Porém ele não sabe que este é o culpado pela queda da ilha Yabitsu. Enquanto isso Teen acaba tornando-se prisioneiro de Aoi.

Keel e Teen acabarão conhecendo mais sobre a natureza do mundo e sobre diversos segredos ligados a seu passado. Glud, Aoi, Keel, Teen, Isura  serão protagonistas de uma história que definirá o caminha que a Humanidade irá seguir.

Estratégias de Guerra, perseguições aquáticas e muito mais o esperam neste anime de apenas 13 episódios que apesar de ter um jeito de filme de sessão da tarde pode ser bem agradável de se assistir, mas acredito que muitos não terão a mesma opinião…

Sobre a obra

Tide Line Blue é um anime original da Bandai Visual em parceria com a Telecon Animation Film. Foi ao ar em 07 de julho de 2005 contando ao todo com 13 episódios. Apesar do tema de mundo pós catástrofe ser um tema que tem bastante fãs, o anime acabou passando despercebido por muitos, mas houveram outros fatores que fizeram o anime  não alcançar sucesso, mesmo assim o anime ganhou uma versão americana para DVD, nada que aumentasse muito o sucesso da série .

O anime é dirigido pelo competente Umanosuke Iida (Helsing). E apesar do baixo orçamento o anime agrada muito visualmente, principalmente os cenários e as cenas de perseguição aquática, porém a animação deixa a desejar. O Caracter Designer, criado por Akihiko Yamashita (Howl’s Move Castle, o Castelo Animado)  é bem diferente do padrão e pode agradar a maioria dos espectadores, em contrapartida o roteiro de Yuka Yamada (Neo Angelique Abyss) deixa desejar em muitos pontos, o jeito como a história segue e a forma como é acaba deixa diversos furos e uma idéia de final forçado, acredita-se que originalmente o anime tenha sido planejado para ter 26 episódios, mas devido ao pouco sucesso teve de ser encerrado antes.

A dublagem é agradável, destaque para os irmãos Daisuke Namikawa (Tanaka Yukio/Koyuki de Beck e Rock em  Black Lagoon) e Daisuke Sakaguchi (Shimura Shinpachi em Gintama e Jack em MÄR) que dublam os irmãos Teen e Keel reespectivamente.  A música interna não é sensacional, mas não é desagradável.  A abertura com o tema “Blue Treasure” de Minami Kuribayashi  combinou muito bem com o anime e a divertida música de encerramento “Voice” de Tatsuhisa Suzuki deve agradar muita gente,  e junto as cenas engraçadas do anime compõe um encerramento bem interessante.

Opinando…

O anime realmente tem aquele ar de sessão da tarde, mas, apesar do final forçado, é divertido e é uma pedida interessante para passar o tempo. Além disso a história acaba em parte tentando conscientizar o seres humanos a tratar melhor uns aos outros e ao planeta e principalmente tenta passar a mensagem de que a guerra não resolve nada. Sendo bem sincero acredito que deve agradar poucos, mesmo assim é um anime obrigatória para os fãs de animes Sci-Fi, pelo menos deveriam ver o primeiro e segundo episódios

Curiosidade

As armas, submarinos e navios que aparecem no anime são baseadas em armas e veículos aquáticos existentes.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: