O ogro azul dos fãs de anime e mangá…

DNA²


Comédia nonsense não é coisa só deste século…

“Se houver uma forma de definir este anime com uma frase, será algo como “uma comédia romântica divertida e nonsense.”

Relatando…

Junta Momonari é um garoto que é apaixonado por Tomoko Saeki, a garota mais popular da escola, porém além de sua timidez ele tem um outro grande problema, quando está muito próximo a uma garota bonita ele tende a ficar excitado e involuntariamente acaba vomitando. A unica garota com a qual ele consegue ter uma relação normal é sua amiga de infância Ami Kurimoto. Porém o que ele não sabe é que poderá ser o maior inimigo da humanidade no futuro, pois está destinado a se tornar o “mega playboy”, um homem capaz de conquistar qualquer mulher e que acabará tendo 100 filhos com 100 mulheres diferentes e cada um deles terá mais 100 filhos com 100 mulheres e assim por diante o que causará um aumento catastrófico da população mundial e por conseguinte uma rápida escassez dos recursos do planeta.

Para evitar esta calamidade a jovem Karin Aoi,  uma soldada vinda do futuro, tem a missão de atirar em Jinta uma bala que inibirá o gene do “mega playboy” nele. Porém algo sai errado e em vez da bala inibir o gene do “mega playboy” ela acaba por acelerar o processo de transformação de Jinta no mesmo. Sendo assim Karin deve dar um jeito na situação, mas ela não quer acabar com a vida de Jinta e vê apenas uma alternativa para salvar o mundo, fazer Jinta se apaixonar verdadeiramente por Ami, a única garota imune ao charme do “mega playboy”.

DNA² é uma comédia nonsense e super divertida, que fala de amor e de superação. É recomendado para todas as idades. E então você quer ou não quer saber o que acontecerá com Jinta, com a atrapalhada Karin e com os demais personagens desta história?

Sobre a obra

DNA²* (no original, DNA² Dokokade Nakushita Aitsuno Aitsu) é um anime baseado no mangá homônimo de Masakazu Katsura ( Video Girl Ai e I’s). Ele foi ao ar em outubro de 1994 e teve ao todo 12 episódios e mais tarde uma sequencia em 3 OVA’s**, ambos produzidos pelo estúdio MadHouse e dirigidos por  Jun’ichi Sakata (Comic Party Revolution e Kaze no Stigma).

Os pontos de maior destaque da obra são seu enredo nada comum e os personagens diferentes. A idéia de um garoto rodeado de mulheres acaba remetendo ao famoso “anime harém”, mas o enredo mostra que não é bem isso. DNA² é uma bela mistura de ficção científica com comédia.  Ao longo da história você acaba conhecendo novos e diferentes personagens, como Kotomi, a amiga de Ami que se apaixona por Jinta e que como Jinta sofre de uma reação estranha ao entrar contato com pessoas do sexo oposto. Além disso, cada episódio vai levando a um final que se não é dos mais improváveis, mas que segue por um caminho nada comum. As cenas em que Jinta se torna o “mega playboy”  e se transforma novamente no Jinta problemático são sem dúvida as que levam as situações mais inusitadas e talvez mais engraçadas. E não só o personagem principal, mas quase todos os personagens são bem destacados e desenvolvidos o que leva o espectador a criar mais empatia pelos mesmos e com isso enriquece a história e aumenta interesse pela mesma.

O Caracter Designer de Kumiko Takashashi (Ouran High School Host Club) se encaixa bem a história e remete a um estilo comum a Shoujos. A animação não chega a ser espetacular, mesmo para  época, e tem algumas falhas, mas nada que prejudique o andamento do anime em si.

O time de Seiyuus é outro destaque, apesar de muitos serem pouco conhecidos na época, são famosos dubladores hoje em dia. Entre estes destaco os dubladores de Ami, Jinta e Karin, respectivamente Hiroko Kasahara (Fuu Houonji em Magic Knight Rayearth), Keiichi Nanba (Kojiro em Fuuma no Kojiro e Kazuya Uesugi em Touch) e Miina Tominaga (Ritsu Souma em Fruits Basket e Yahiko Myoujin em Rorouni Kenshin).

Por último deixei para falar da música, pois além de uma trilha interna muito boa o anime conta com um dos temas de aberturas mais conhecidos e lembrados  pelos fãs em todo o mundo, a música Blurry Eyes da banda Larc~en~ciel, sendo este o primeiro de muitos temas de anime cantado por esta que é uma das bandas Japonesas de maior sucesso em todo o mundo.

Opinando…

Dna² foi o primeiro anime que me emprestaram, é um marco na minha história junto a animação e sem dúvida é uma das grandes comédias que vi em minha vida. Apesar dos OVA’s serem bem fracos esta série merece destaque entre as grandes animações do fim do século 20 e recomendo a todos.

Curiosidade

No mangá (e apenas no mangá) , Maki Iwasaki, uma concorrente da Kotomi no concurso de ginástica tenta tirá-la da competição com ajuda de seu irmão que tem interesse em habilidades psíquicas.

*DNA² ( lê-se “DNA DNA” e não “DNA ao quadrado”)

**OVA – Original Video Animation, animações em geral feitas para venda em formato de fita (antigamente), DVD e Bluray. Geralmente compreende a continuação ou a um episódio extra de uma série.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: