O ogro azul dos fãs de anime e mangá…


A primeira culpada...


“…” -@YakuzareD assistindo o título supracitado

Antes de mais nada devo informar que esta postagem foi feita para comprar a empreitada de postagem coletiva de vários blogs relacionados a animação japonesa. Depois de ler toda esta postagem tratem de visitar os blogs parceiros que estão participando deste evento na blogsfera. No fim da postagem ficara a lista de blogs com os devidos links para que vocês possam acessar e tornar este grande evento  um sucesso.

Relatando…

Suponhamos que você, caro leitor, seja uma ameba acéfala. E que, mesmo sem massa cinzenta, você seja alvo de uma lobotomia. Esse é o público-alvo de Kimi Ga.

Devo começar com o fato da história ser baseada num EroGe (Erotic Game) de quinta. Nada contra séries baseadas em EroGe’s, mas bem que o pessoal do Studio Fantasia podia ter escolhido algo melhorzinho pra animar.

Logo de cara somos apresentados aos três personagens-chave da história: Takayuki, um rapaz com ausência crônica de masculinidade, Haruka uma cosplayer de Sakura Kinomoto doce e inocente garota apaixonada e Mitsuki, a personagem cuja falta de atitude é a força motriz da série. Haruka e Mitsuki são melhores amigas e eis que Haruka encontra-se a fim de Takayuki que, mediante a um apelo de Mitsuki, aceita Sakura Haruka, mesmo tendo sentimentos pela outra que TAMBÉM nutre sentimentos por ele. Então que ocorre um acidente (no segundo episódio, se não me falha a memória) e as vidas de todos os personagens mudam para sempre.

Opinando… (contém spoilers)

Logo de cara, a gente sabe que vai dar merda. Por que?, você me pergunta. Pelo simples motivo do cara se meter num relacionamento com uma mina sem motivo nenhum, estando a fim da melhor amiga dela, que também está a fim dele. O cara podendo ser homem e dispensar a Sakurinha (ou pegar as duas num menage épico regado à sake) fica com essa lenga E se atrasa indiscriminadamente para um encontro com Haruka, que estava no local errado na hora errada e pá. A mina sofre um acidente e entra em coma, Takayuki assume sua natureza emo, Mitsuki se aproveita pra dar pro Takayuki (seu sonho colegial, diga-se de passagem) e tudo isso num clima forçado de história adulta. Forçado pelo simples fato de nenhum personagem agir como um adulto. É como se uma história precisasse ser entupida de depressão pra ser considerada adulta, manja? O nível de babaquice é tão crítico que a única personagem EM TODA A HISTÓRIA com algum nível de sensatez, maturidade e consciência, é a irmã mais nova da Haruka, Akane. Pra não dizer que ela é uma boa personagem (seria um exagero, em Quem me Dá Kimi Ga), a guria é totalmente revoltada com Takayuki e Mitsuki por eles estarem traindo uma mina que ninguém sabia se ia acordar. Em algum momento a bela adormecida desperta do coma, mas crendo ainda estar na época em que o acidente ocorreu. Como nosso protagonista é MACHO, eles resolvem fingir que o tempo não passou pra mimar a garota (que só se fode, diga-se de passagem). Takayuki se separa de Mitsuki, com quem tinha um relacionamento estável, até então, para ficar com Haruka, que gradativamente começa a notar detalhes, como o tamanho de seu cabelo (muito longo pra continuar parecendo a Sakura), as mãos, agora finas, e passa a perguntá-lo quanto tempo se passou.

Finalizando…

Se você não conseguiu ler minha descrição até o final, não se espante. O texto reflete fielmente o que se passa no anime.

Há quem goste? Claro! Se tem quem goste de Restart e novelas mexicanas…

O lance é que um tipo de história que não dá pra engolir. Tudo nela é falho ou inverossímil de alguma forma. Mas, se você quiser descobrir por conta própria, ou mesmo gostar de sessões de tortura, assista.Quem me Dá Kimi Ga. Mas não diga que eu não avisei.

Acessem os blogs abaixo que também estão partcipando do evento de postagem coletiva e vejam outros pontos de vistas sobre Kimi Ga Nozomu Eien:

Gyabbo! – Subete Animes ( por Panina Manina ) – Elfen Lied Brasil – Chuva de Nanquim – MBB Anime Kenkyuukai – Netoin – Otakismo – Buteco Shounen – Mithril – Visual Novel Brasil – Mais de Oito Mil – Philosophy Otaku – Yasumi no Cast – Moon Stitch – Otame: Otaku no Ame– Video Quest – Neo Armstrong Cyclone Jet Armstrong Blog – Subete Animes ( por Leandro Nisishima )

Comentários em: "Kimi Ga Nozomu Eien" (13)

  1. AngelOfDeathMD disse:

    Post épico, definiu a maldita da série. Agora o Yakuza tem que ter culhões e fazer o relato dos ovas.

  2. Tenho que admitir que o texto foi bem pesado, mas também concordo plenamente com o que o Yakuzared escreveu, mas gosto sempre de lembrar que a cosplayer de Sakura teve a atitude mais notável da série no último episódio e que essa série me fez perceber que dropar animes as vezes tem sentido, pena que precisei ver a série toda pra aceitar isso senão teria parado no primeiro episódio.

  3. YakuzareD disse:

    Ver os OVAs? Puta merda… CHALLENGE ACCEPTED!

  4. Saudações

    Quanta maldade do pessoal daqui com o anime…
    Será que eu vou para o céu? Talvez não…

    O texto ficou bom, porém mais discordo dele do que concordo…

    Detalhe: não curto novelas mexicanas e odeio Restart. Contudo, gostei de Kimi ga Nozomu Eien. Generalizar é um erro gravíssimo…

    Até mais!

  5. Eu não gosto de Restart, mas já vi novelas mexicans na minha infância e tinha umas legais, achei o texto meio pesado sim, mas entendo o yakuzareD pois a sensação que tive ao ver Kimi Ga Nozomu Eien foi um belo WTF! E por isso que desisti de escrever sobre animes que não curti. Aliás por isso pediu pro Yakuzared escrever o texto, mas…

  6. YakuzareD disse:

    A discrepância das opiniões é o que gera a graça, amigo Carlírio!
    Assim que as coisas por aqui folgarem um pouco mais, lerei os textos dos outros blogs participantes.

    Mas aqui, a merda já foi jogada no ventilador, mwaha.

    Até.

  7. Yoshio disse:

    Post bem legal! – 1º vez que posto aqi no site -… rsrsrs de todos os blogs qe eu li falando sobre esse anime, o seu me pareceu mais revoltado e hm… pesado – como disse o Kyon – … mas achei bem legal, mas agora fico com duvida se vale a pena ir assisti esse anime ou nao…li posts falando até bem desse anime… e outros nao taaoo bem…

  8. Saudações

    *YakuzareD:

    Concordo. Opiniões diferentes é que fazem a graça de se viver.

    Até mais!

  9. “Por que tanto ódio no seu coraçãozinho?”

  10. Excelente post. Fora o primeiro em que pude concordar plenamente, ou pelo menos em maior parte. Achei esse anime uma gigante bosta, apesar de ter entrado na onda para discutir suas possíveis interpretações nos outros blogs. Vim de Cowboy Bebop (1998) para um tremendo melodrama mal adaptado (sem entrar nos méritos da visual novel) de 2003… OMG!

  11. 1 – fui ler o texto com intuito de mei nformar de alguma série ou supsoto animê e cheguei ás seguinte conclusões:

    a- essa porra é ruim até o osso

    b – Não sei exatamente do que você está falando afinal eu apenas vi sua opinião e não algo que me pudesse situar na história.

    c – Se algum dia eu ver o nome desa série espantada vou lembrar que alguém xingou muito ela e que, talvez, eu devesse ver só pra ter certeza que é pior que School Days.

  12. *estampada

    Maldito wordpress XD

  13. YakuzareD disse:

    De fato, acabei me focando por demais na minha opinião à respeito desse treco… mas não vou dizer que não era esse o intento hoeauhe
    Realmente detesto a série (acho que dá pra notar), mas assisti bravamente até o final, acho que foi em 2006. Preferiria ter que ler um livro da quadrilogia Twilight do que assistir isso de novo, sério.

    No mais, fico feliz que alguém tenha gostado do texto. E, pra dizer a verdade, espero que alguém assista o anime e depois compare com minha resenha regada à ódio.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: