O ogro azul dos fãs de anime e mangá…


Todo puzzle tem sua resposta.

“Fãs de animação e de histórias de detetives e de arqueólogos vão adorar se aventurar com Layton e seu jovem discípulo Luke Triton nesta divertida animação, então peguem seu cachimbo, sua corda e sua cartola e preparem-se para os puzzles.”

Relatando…

O famoso Professor Hershel Layton e seu discípulo Luke Triton recebem o convite de uma antiga aluna de Layton, Janice Quatlane, para conhecerem uma ópera envolta em mistério e tentar descobrir a verdade por trás da estrnaha relação familiar entre a amiga de Janice, Melina, com o famoso compositor Oswald Wistler. A ópera conta a lenda da misteriosa terra eterna da Ambrósia e da Diva eterna. Layton, Luke e Janice, além de outras pessoas que foram assistir a famosa ópera em Crown Petone,  são forçados a participar de uma disputa cheia de quebra cabeças em busca do segredo da vida eterna. O que Layton, Luke e  Janice estão prestes a conhecer poderá mudar para sempre seu futuro.

A cada quebra cabeça e a cada nova descoberta vocês poderão se aventurar em mais uma aventura espetacular do famoso ícone dos video games, Professor Layton, que em seu primeiro filme de animação nos leva a uma aventura que vai deixar qualquer fã de história de aventuras com puzzles extremamente satisfeito. Se você também quer descobri o mistério da Diva Eterna, não deixe de conferir este filme.

Sobre a obra

Professor Layton and the Eternal Diva é um filme de animação lançado em 19 de dezembro de 2009, produzido pelo P.A. Works (Hanasaku Iroha, True Tears e Angel Beats) e dirigido por Hashimoto Masakazu. A obra traz para o mundo das animações um dos ícones dos video games nos últimos tempos, o personagem Professor Layton.

Na história o famoso professor Hershel Layton e seu assistente são contatados por uma antiga aluna de Layton e acabam se envolvendo em um jogo cheia de puzzles que supostamente tem como prêmio o segredo da vida eterna. Com perspicácia, inteligência, coragem e um pouco de sorte Layton e seus companheiros irão descobrir o mistério por trás da lendária ilha de Ambrosia. O roteiro da obra é muito bem tralhado e os puzzles são bem elaborados, além de que, o ritmo não deixa o espectador ficar entediado em momento algum. Em termo de história o filme não perde em nada nada para as melhores histórias de detetive, e de aventura, afinal é impossível ver Layton e não associar sua figura ao famoso Indiana Jones, ou a perspicaz Sherlock Holmes, ou até mesmo ao corajoso Edogawa Conan.

Se o roteiro não deixa a desejar, a arte é bem peculiar, seguindo bem o estilo dos jogos de  Layton criados pela Level 5, o caracter designer é bastante infantil, nada que comprometa o resultado final, além disso, os cenários são muito coloridos e bem elaborados. Um destaque especial para alguns veículos usados no filme que remetem bem ao começo do século 20. Já com relação aos efeitos visuais, são bem simplórios, como é comum em histórias mais infantis. A animação também é bem trabalhada e de vital importância para o sucesso do filme.

A trilha sonora é bem intensa e combina com o cenário e deixa os espectador que é ou não conhecedor de Layton pelos video games ainda mais no clima das histórias de aventuras com puzzle. Um destaque especial para música Eien no Utahime (The Eternal Diva) interpretada por Nana Mizuki.

Quanto a dublagem, que é muito boa, nem uma surpresa para os fãs dos jogos que tem os dubladores clássicos de Layton e Luke dublando estes personagens também no filme, por isso o destaque especial fica por conta das dubladoras de Janice e Melina, respectivamente Nana Mizuki (Saya Kisaragi em Blood C, Kururu em Bottle Fairy, Silvette em Tegami Bachi e Hyuuga Hinata em Naruto) e Fumi Orikasa (Kuchiki Rukia em Bleach, Riza Hawkeye em FullMetal Alchemist e  Celas Victoria em Hellsing).

Opinando

Nunca joguei nem um jogo de Layton, mas sempre fui fascinado por histórias de detetive, cheias de puzzle e mistérios a serem desvendados, e sempre tive vontade de conhecer este personagem sobre o qual ouvia tanto. Através deste filme tive o prazer de conhecê-lo  e já sou fã do Layton. O filme é realmente muito divertido e me fez lembrar muitos dos filmes e contos de detetive que a tanto não via, como as histórias do famoso Sherlock Holmes, além de que Layton é uma arqueólogo e sua aventuras também tem um quê de  Indiana Jones. Recomendo o filme a todos e espero que agora que finalmente tenho um 3DS possa conhecer os jogos do personagem.

Um pouco sobre Professor Layton

A primeira aparição do arqueólogo e professor Hershel Layton foi em 2007 no jogo “Professor Layton and the Curious Village” para Nintendo DS, ao todo Layton já apareceu em 5 jogos e em um filme, sendo que os 3 primeiros jogos são histórias no tempo atual de Layton e os 2 últimos e o filme são prequels. Além do Nintendo DS e dos cinemas, Layton também já apareceu em Iphone e Ipad e está prestes a aparecer também no  3DS. Layton é o típico professor universitário ávido por aventuras que se envolvem em histórias cheias de Puzzles que remetem muito as aventuras de Indiana Jones e de famosas séries de detetive.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: