O ogro azul dos fãs de anime e mangá…


Hoje no 5º ano sala 2

“Uma comédia escolar que relembra os dias de brincadeiras na infância. Se juntem a essa turma e se divirtam mais uma vez na escola.” 

Relatando…

Ryota Sato e Chika Koizumi são amigos desde a pré-escola e sua relação na infância era tão próxima que eles chegaram a prometer inocentemente um ao outro que iam se casar quando crescessem, mas a história não se trata da vida dos dois na infância, se situa mais ou menos na puberdade quando os garotos começam a ser influenciados por seus hormônios e as garotas começam a  conviver com as tremendas mudanças corpóreas. Mais precisamente a história se passa quando os nossos protagonistas estão cursando o quinto ano. Eles são alunos da turma 2 do quinto ano de sua escola. Ryota é um garoto encrenqueiro e um pouco pevertido, mas também é um azarado e que não se importa muito com estudos. Já Chika é uma menina esperta de personalidade forte e que apesar de ainda gostar de Ryota, passa mais tempo brigando e disputando com ele do que qualquer outra coisa.

Agora você deve está pensando que o anime fala da dificil relação entre os dois que deve culminar em um suposto romance, mas não estamos falando de um shoujo, mas de um seinen de comédia e comédia é o que não falta nesta série. O foco é o cotidiano da turma 5-2 onde Ryota e Chika estudam, mas nem por isso se trata de um simples slice of life e sim de uma comédia de erros as vezes, com um misto de drama e com mínimas situações ecchi e óbvio que sempre sobra para Ryota. A simples disputa por quem é mais alto, um inocente levantar das saias das garotas provocados pelos garotos (se é que isso pode ser inocente), a claustrofobia de ficar preso no depósito da escola (Aqui uma pausa para muitos risos por lembrar da cena) e várias outras pequenas situação cotidianas, diria até comuns, mas que vão fazer o espectador bolar de rir. Então está esperando o quê para ir atrás de assistir essa pequena série em OVA que concerteza vai lhe deixar de muito bom humor.

Sobre a Obra

Kyou no Go no Ni é uma série em OVA baseada no mangá homônimo de Koharu Sakuraba (Minami-ke) laçada entre março de 2006 e março de 2007 contendo ao todo 4 episódios e 1 especial. Foi produzida pelo estúdio Shinkukan, um estúdio especialista em hentai, e dirigido por Makoto Sozuka (Slayers Next).

Kyou no Go no Ni não tem bem um roteiro, mas um emaranhado de cenas cotidianas que sempre desembocam em um piada, mesmo que tenha uma parte de drama no meio e isso meus caros é um fórmula simples, mas muito interessante para um série em OVA de comédia. O Caracter Designer é simples e muito agradável. A arte e os efeitos de luz surpreendem, principalmente sendo uma animação feita por um estúdio especialista em hentai que normalmente não utiliza muitos efeitos. Claro que existe um pouco de ecchi, afinal o Shinkukan não poderia deixar de lado completamente suas raízes e isso fica ainda mais perceptível nas piadas de cunho sexual que deixam claro que se trata de um seinen de comédia não de uma história infantil.

A animação é muito boa para uma série slice of life e a música é leve mais agradável, sem muito destaque. Um dos pontos fortes além das piadas é a equipe de seiyuus que dar um show de interpretação. Um destaque para as vozes dos protagonistas Ryota e Chika, dublados respectivamente por Kuwashima Houko (Kagura em Azumanga Daioh, Tomoyo Sakagami em Clannad, Clare em Claymore e Going Merry em One Piece)  e Kadowaki Mai (Illya em Fate Stay Night, Souju Shirogane em Futakoi e Hinako em Isshoni Training).

Opinando

Ao lembrar deste OVA para escrever o texto era impossível não sentir vontade de sorrir. A série apresenta muito bem as cenas de comédia sem forçar a barra e sem extremismos. Uma série de comédia na dose certa que não tem como não lhe arrancar no mínimo um boa gargalhada.

O porque do OVA e não a série de TV

Kyou no Go no Ni, além de uma série de OVA’s, também chegou a ter uma série de TV com 13 episódios em 2008 produzida pelo famoso estúdio Xebec (Busou Renkin e MM!), mesmo assim é muito inferior a série de OVA’s em todos os aspectos. Trocaram a excelente equipe de dublagem o Character Design, o diretor e toda equipe de produção. As piadas ficaram mais apelativas e bem mais fracas, mas realmente o que mais irritou os fãs do OVA foi o terrível Character Desing e a mudança dos dubladores. Não que os novos dubladores fossem ruins, mas para quem se familiarizou com a ótima dublagem do OVA é difícil encarar com bons ouvidos esta mudança. Agora que artezinha feia, nem parece ser um anime do Xebec. Uma pena que tenham desperdiçado esta chance de aumentar ainda mais a boa fama da franquia.

Anúncios

Comentários em: "Kyou no Go no Ni (OVA)" (1)

  1. só sei que amo esse anime

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: