O ogro azul dos fãs de anime e mangá…


Outono é.... como podem ver, estou empolgado!

Primavera é? Como podem ver, estou empolgado!

Olá! Aqui é o Kyon e finalmente vim falar dos animes da Primavera de 2012. Para quem não acompanha as estações do ano, principalmente no Japão (Eu sei que a maior parte dos leitores são Brasileiros que moram no Brasil), vou falar de animes lançadas no período de abril a junho de 2012.

Por algum motivo escuso, algumas pessoas ainda me perguntam porque depois de tanto tempo falar dessas séries e bem… somente agora tive vontade, paciência e outros motivos que ainda não selecionei para citar. De qualquer jeito, como essa é uma das maiores temporadas do ano, vai ser um texto bem longo e um pouco polêmico talvez. Não haverá top na postagem, pois o meu top 5 é o mesmo do administrador deste blog que já o revelou por aí em diversos posts e podcasts, mas aconselho mesmo ouvir ele num tal de Animecotecast 19.

Uma bonita primavera com muitos animes para esquecer e outros que pouco serão lembrados

Como sempre início a análise pelos animes dropados e ruins, hoje no caso só um anime ruim nesta lista, por isso começarei por ele, o OVA Asa made Jugyou Chu! que apresenta-nos uma história ecchi com roteiro para hentai, só não tem as cenas de sexo. Além disso, não tem também uma trama que valha mencionar, nem personagens que valham lembrar a não ser pelo estímulo sexual que possam provocar em alguns. Para ser sincero, só não dropei este anime, porque é apenas um OVA.

Começando a lista de séries a serem ignoradas, temos o  pseudo famoso Medaka Box, adaptação de um mangá homônimo que fala sobre uma jovem superdotada (sem piadinhas, nota do administrador) que vira presidente do conselho estudantil de sua escola e cria uma caixa para que os estudantes possam solicitar sua ajuda. Até entendo quem gosta da série, mas depois de 4 episódios eu não consegui dar sequência, mesmo assim serei brando em dizer que este anime pode agradar alguns. Em seguida Naruto Sugoi Doryoku: Rock Lee no Seishun Full-Power Ninden mostra ao que veio, uma série com episódios curtos pala falar sobre cocô, principalmente cocô de cachorro, ou seria de ninjas? Depois  o aguardado Saint Seiya Ômega, que na verdade eu não vi, mas o administrador do blog acompanhou 15 episódios até desistir resmungando algo sobre ser uma perca de tempo, ser mais infantil e muito menos interessante que a série original e falando algo sobre semelhanças com Pretty Cure. Eu não ia citá-la aqui, mas como o administrador pediu, fica a menção honrosa para que passem longe de Saint Seiya Ômega. Já Sengoku Collection não é uma anime tão ruim, somente desisti dele por ser mais uma série com garotinhas personificando grandes heróis do período Sengoku, algo que já saturou e ficou chato. E o que dizer sobre Shiba Inuko-san? É uma série de comédia sobre uma cadela estudante colegial que ninguém percebe que é uma cadela, ao menos se não for uma cadela de verdade, é uma garota muito feia. Por fim, Upotte!!, garotas que na verdade são armas ou coisa parecida. Além de ser uma série quase incompreensível, usa o ecchi de uma forma que só piora a visão da maioria sobre este estilo, mesmo assim o que mais desagrada em Upotte!! é o roteiro se é que assim podemos chamá-lo.

Chegando aquele grupo de animes que não desagradam, mas que não fazem falta alguma, ou melhor, que dificilmente serão lembrados sem ajuda de um site ou de uma outra pessoa comentando, resumindo, chamaremos eles de medianos. Dentre os animes da temporada que considero medianos está Acchi Kocchi, um anime que usa a já conhecida forma de grupinho de estudantes fazendo coisas estranhas durante sua vida cotidiana. É um anime bonitinho, mas alguns personagens (principalmente os que tem um ponto de interrogação capilar na cabeça) me irritam pela forma clichê como foram construídos, fora que a atitude de todos e a imortalidade de alguns que sempre se dão mal me lembram aqueles comediantes que na maioria do tempo riem sozinhos de si mesmos. Tido como um dos grandes shounens de batalha do ano, Accel World tem seus méritos e deméritos, sendo o principal o fato de que metade do anime é muito boa, enquanto que a outra é entediante, o que é um problema maior quando a metade entediante é primeira metade do anime e nem a tentativa de atrair fãs de MMO foi bem executada. E para finalizar esta parte, há a série Yurumates 3D, também com episódios curtos com menos de 5 minutos cada e que fala sobre um grupo de ronins (pessoas que estão tentando passar no vestibular e não conseguem) moradores de um mesmo codomínio e seus vários motivos para deixar de lado os estudos. É legal, mas não empolga muito.

O bom, o muito bom e excelente da primavera

Séries boas foram muitas na última primavera, a começar por Cardfight!! Vanguard: Asia Circuit Hen que é a continuação direta de Cardfight!! Vanguard e que agradou o administrador do blog tanto quanto a primeira temporada e por isso ele me pediu para mencioná-la. Entre as séries boas que vi há Hyouka, a aposta do estúdio Kyoto Animation que mistura drama escolar, um pouco de comédia e mistérios ao redor do cotidiano dos protagonistas. Com uma excelente animação e um belo visual, ligado a um roteiro interessante, embora com personagens não tão memoráveis, foi sem dúvida um dos bons animes da primavera de 2012. Jormungand trouxe de volta o espírito de séries de mercenários como Black Lagoon e conseguiu fazer isso tratando de um assunto pouco usual, contrabandistas de armas. A série tem um roteiro e um animação muito boas, além de vários personagens carismáticos e mesmo com falhas é um bom anime. Já Kimi to Boku. 2 é tão bom quanto seu prequel e me agradou até um pouco mais, uma boa série que deve ser vista sem pré conceitos ou fantasias que vislumbrem browmances inexistentes. Simplório, bem executado e bastante agradável é Nazo no Kanojo X, que embora apresente um romance até comum em linhas gerais, consegue com pequenos detalhes, pouco convencionais, agradar muito, mas por ser curto e apresentar uma pequena parte da história do mangá em que foi baseado, termina com um gosto meio estranho de “devia ser mais longo”. Um anime que teve uma campanha de marketing até pequena, apesar do sucesso do mangá em que é inspirado, foi Sankarea, mas esta série conseguiu se sobressair e tal como Nazo no Kanojo X, apresenta um história de romance e provações muito bacana, embora o tema zumbi torne a história bem diferente do comum, mesmo assim é um bom anime que também acaba prematuramente. Shirokuma Cafe foi outra grata surpresa da primavera passada, apresentando um mundo onde humanos e animais convivem em meio a uma vida cotidiana leve e com o foco principal em um charmoso café dirigido por um Urso Polar. Um belo anime, mas que não conseguiu despertar aquele algo mais, mesmo assim é uma série memorável. E como última série com o status de “boa”, um anime que divide opiniões, Zetman. Em diversos pontos a obra realmente é mais fraca que o mangá, mas cumpre bem seu papel introdutório para os que não conhecem a obra original e as lutas da série são bem interessantes, mesmo assim os fãs do mangá e muita gente que pegou as mágoas destes não conseguiram gostar, ao menos foi o que ouvi dizer.

Um nível acima das série boas, há aquelas série realmente muito boas, mas que devido a uma ou outra falha, ou falta de um elemento especial a mais, não atingiram o nível máximo de qualidade dentro dos meus esdrúxulos critérios. Fate/Zero apresentou um início excelente e um final que deixou, senão a todos, a muitos com água na boca para o que vinha por aí e Fate/Zero (2012) teve um começo que deixou a todos satisfeitos e alguns até maravilhados, mas do meio para o final houve consideráveis quedas na qualidade do roteiro que culminou em um final, que embora em parte já fosse conhecido, ao menos por todos que viram Fate Stay Night, não foi nem de longe tão bom como o que foi apresentado em sua primeira temporada. Uma série muito boa, mas que devido a alguns problemas de percurso não se tornou excelente. Certas pessoas consideram a próxima série o sucessor de Slam Dunk, para outros que não conhecem o belíssimo trabalho de Takehiko Inoue, foi o grande anime de basquete até então criado,  este é um anime shounen de esporte que cumpriu com muitos méritos o seu trabalho, esse foi Kuroko no Basket, um anime que tem uma sequencia de bons episódios e que utiliza a velha forma da rivalidade e da superação para formar toda uma nova geração de fãs, no entanto, como quase todo anime de esporte, tem suas falhas relacionadas a verossimilhança, além de ter também um final bem estranho. Por fim, Uchuu Senkan Yamato 2199, traz de volta todo o brilho da famosa obra de Leiji Matsumoto com uma animação melhorada e uma arte agradável para os tempos atuais. Não existe um erro grande a ser destacado, mas a narrativa é um tanto confusa, ao menos parece no início, mas logo essa possível falha é corrigida com uns bons 2 episódios.

E para finalizar, aqueles animes que foram além e facilmente estariam na minha lista de melhores do ano. Sakamichi no Apollon apresentou uma história de amizades e romances em uma época de revoluções e com uma trilha sonora soberba. A série tem um final bastante questionável, mas não há como não se encantar com o todo. Já Tsuritama foi uma grande surpresa que superou todas as expectativas, mostrando uma trama divertida, simples e ao mesmo tempo bastante envolvente, o anime foi muito além do que esperava e não consigo apontar nenhum grande erro, fora o fato de ter divertido muito a todo o SOS Dan e ao Administrador deste blog. Por último, o anime que eu e o administrador do blog mais gostamos em 2012 e que estamos acompanhado empolgados, Uchuu Kyoudai não só apresenta uma temática muito bacana, mas a narrativa é envolvente, os personagens são carismáticos, a trilha sonora é excelente, os diálogos são divertidos e… Se há um anime da primavera de 2012 a ser conferido, esse é sem dúvida Uchuu Kyoudai.

Bem, é isso! Até o próximo texto que sairá antes do fim do trimestre!

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: