O ogro azul dos fãs de anime e mangá…


Pelo segundo ano consecutivo o Anime Portfolio tem o prazer de participar da corrente de reviews proposta pelo blog Anime Kenkyuukai. Antes de continuar vamos a alguns esclarecimentos.

Quem está acompanhando o evento este ano deve está pensando: O próximo blog não era o Anime Portfolio… Explicando o acontecido, a postagem programada para hoje é a do Anime Portfolio, mas por um pequeno erro, o blog Clube de Anime UFABC postou no dia 09/09, quando deveria ter publicado no dia 06/09, então o Gekkou Gear que indicou Koi Koi Seven ao Anime Portfolio, postou seu texto sobre Danshi Koukousei no Nichijou hoje (11/09), mas em conversa por e-mail com um dos organizadores da Corrente de Reviews, ficou acordado que o texto do Anime Portfolio deveria ser postado na data correta, afim de que a sequencia da corrente permaneça inalterada.

Deixando essas questões complicadas de lado vamos a resenha de Koi Koi 7.

Harém, Ecchi, Batalhas sem sentido e muitos clichês.

Harém, Ecchi, Batalhas sem sentido e muitos clichês.

Relatando

Tanaka Tetsurou é um jovem garoto que foi transferido para uma escola apenas de garotas, A academia Gokoh, e como se isso já não fosse um motivo de sobra para sua vida virar de ponta cabeça, ele irá morar junto com 6 garotas bastante diferentes, uma delas é Asuka Yayoi, uma jovem que conheceu Tetsurou na infância, embora ele não lembre disso, as outras 5 garotas são todas colegiais cyborgs capazes de facetas inacreditáveis. Esse grupo é conhecido pela alcunha de Koi Koi 7 (porquê 7 mesmo?) e tem como principal ação, fazer frente ao grupo das 5 garotas mais ricas da escola, o Gokoh Five. Esses dois grupos tendem a se digladiar quase que diariamente, pois a líder do Gokoh Five, Miya Higashikazuno, não suporta a ideia de nunca vencer as garotas do Koi Koi 7, mesmo usando mechas gigantescos e outros artimanhas que valem um fortuna.

Além disso, Tetsurou não sabe ainda, mas sua ligação com Asuka Yayoi é parte de um plano muito maior que envolve espionagem, tecnologia de ponta e outros assuntos sigilosos conhecidos por apenas algumas pessoas da academia Gokoh, dentre elas a professora e guardiã das Koi Koi 7 e o diretor da escola.

Lendo essa sinopse até parece que o anime tem um enredo bem embasado, mistérios interessantes e algumas batalhas estranhas para aliviar a tensão, porém meus caros leitores, Koi Koi 7 é basicamente uma mistura de tramas misteriosas sem pé nem cabeça, personagens clichês e motivos para mostrar garotas nuas ou pelo menos a calcinha delas quase o tempo todo. Então meus caros leitores fãs de ecchi e seios que desafiam todas as leis da física, esse é um anime que talvez lhe interesse.

Robôs gigantes em um harém colegial, quem imaginaria isso?

Robôs gigantes em um harém colegial, quem imaginaria isso?

Sobre a obra

Koi Koi 7 é uma série de animação baseada em um mangá homônimo do mangaka Morishige, o mesmo autor de Hanaukyo Maid Tai. A série tem ao todo 13 episódios e um especial e foi exibida na tv japonesa entre 2 de abril de 2005 e 25 de junho do mesmo ano. A produção é dos estúdios  Flag, o mesmo de Futakoi Alternative e Juushin Enbu: Hero Tales, e Trinet Entertainment, o mesmo de Final Approach, Kidou Shinsengumi Moeyo Ken, Kagihime Monogatari e Tsuyokiss Cool x Sweet. A direção do anime é de Fujimoto Yoshitaka, o mesmo diretor de Akihabara Dennou-gumi, Kage kara Mamoru!, Tatical RoarJoshikousei: Girl`s High.

O Character Design da série é bem  simplório, mas funciona bem com a ambientação e com os personagens. A arte dos cenários também não impressiona em momento algum, mas também não desagrada. Já a animação é bem rasa e mesmo nos momentos de luta não impressiona.

O roteiro da série é bem fraco e no fim, as poucas explicações dadas para alguns dos mistérios da série são pouco interessantes e confusas, ao ponto que o espectador que não juntar as partes, ficará sem entender a trama direito. Por sinal o único episódio que se destaca é o episódio em que as personagens tem de produzir um curta de animação, algo completamente aleatório e que não tem ligação qualquer com a trama principal, aliás  a maior parte dos episódios do anime ignoram os mistérios a serem solucionados quase que por completo. O roteiro ainda está repleto de subtramas resolvidas rapidamente e quase que sem atrativos para o espectador, mas que ainda assim são mais interessantes que a trama principal.

A trilha sonora da série não é memorável, mas combina bastante com a ambientação do anime e há algumas músicas interessantes que se destacam um  pouco, mas nada muito empolgante. A abertura do anime se chama “Super Love” e é cantado pelas dubladoras das garotas do Koi Koi 7, já o encerramento (que me agradou) se chama “Miracle” e é interpretado pelo grupo Upper Slope.

Por fim, a dublagem da série mistura escolhas boas e ruins, mas no geral agrada. Destaque para os Seiyuus responsáveis pelas vozes do Tetsurou, da Asuka Yayoi e da jovem Chouno Otome, respectivamente, Tai Yuuki (que também é a voz de Tsutsumi Kyousuke de Ef – A Tale of Memories e Ef – A Tale of Melody), Gotou Saori (que também é a voz da Setsuna de Needless, da Meredy e do Plue de Fairy Tail e da Kiryuu Moeka de Steins;Gate) e Inamura Yuuna (que também é a voz da Sasagawa Kyouko de Katekyo Hitman Reborn e da Yazaki Yuu de Hoshi o Ou Kodomo).

E assim resumimos o anime em uma imagem!

E assim resumimos o anime em uma imagem!

Opinando

Sinceramente comecei a ver o anime com bastante pré-conceito, mas como na corrente de reviews ano passado me indicaram um anime que gostei bastante e o qual também tinha um pré-conceito formado pelo primeiro episódio, decidi que valia a pena ver um pouco mais antes de julgar Koi Koi 7, porém estava terrivelmente enganado.  A cada episódio só aumentava minha vontade de desistir do anime, no entanto como aceitei a missão de vê-lo para este evento, o vi por completo e sendo bem franco o anime tem um pano de fundo que nem é tão ruim assim, mas o desenrolar da história estraga qualquer chance de se ter um anime divertido, na verdade se não fosse o ecchi exagerado, eu não conseguiria ver motivo algum para qualquer pessoa ver esta série.

Fico triste, nem tanto por ter visto esse anime, pois já vi coisa bem pior, mas porque tenho certeza que ao me indicar esta série houve uma grande boa vontade e interesse em me fazer conhecer algo divertido, porém não foi essa impressão que o anime me deixou. Infelizmente foi uma experiência ruim e por isso eu não recomendo esse anime a nenhum dos meus leitores e para aqueles que gostam dessa obra fica apenas meu respeito.

Sobre a Corrente de Reviews

A Corrente de Reviews é um espécie de blogagem coletiva criada pelo @didcart do blog Anime KenkyuuKai no ano passado que torna a se repetir esse ano com mais de 40 participantes. Em resumo, cada um dos blogs indica um anime ou mangá a ser apreciado por um outro que irá o resenhar e indicar um outro anime ou mangá ao blog seguinte e assim por diante até terminar a corrente. Assim sendo, é chegada a hora de minha indicação e ela vai para o blog Troca Equivalente. A indicação é o anime The Tatami Galaxy ou  Yojouhan Shinwa Taikei. Espero que goste dessa obra, que eu particularmente adorei acompanhar.

Anúncios

Comentários em: "[Corrente de Reviews 2013] – Koi Koi 7" (6)

  1. JDASOIDJSAIOJASIFSA, esse foi o pior anime que eu vi na vida e tinha em mente que só eu na face da Terra tinha visto ele sei lá porque motivos. Eu tinha muita curiosidade pra ver a opinião de outra pessoa sobre essa viagem total que é Koi Koi Seven e como existia a possibilidade de pedir para receber outro anime como indicação fiquei seguro, caso não gostassem. Pra ser sincero eu pensava que a pessoa que eu havia indicado Koi Koi Seven acabaria pedindo outra indicação, mas tu me surpreendeu, ein!.

    Digamos que tu foi bem guerreiro pra conseguir assistir a todos os eps, hahahah

    No mais, concordo com o teu texto, que por sinal ficou ótimo. Acho que avacalharam total com o anime de Koi Koi Seven, se é que o mangá já não era assim também. Mas mesmo se fosse, ainda assim poderiam ter dado um tratamento muito melhor ao anime, principalmente na parte de entreter o telespectador. Eu, por exemplo, já tava querendo fugir de casa depois do episódio 2, mas como não sou de droppar aguentei até o fim.

    Também acho que o pano de fundo criado possibilitava coisas bem melhores do que os rumos que as coisas tomaram no decorrer dos episódios. Aqueles ”~desu” da Yayoi já estavam me dando agonia, hahahahah

    Agora, por favor me diga o que foi pior do que Koi Koi Sevan que tu já assistiu? Fiquei muito curioso depois de ler isso que tu disse!

    Finalmente entendi o que aconteceu. Não sabia os motivos do atraso e fiquei preocupado porque o Didcart não me respondia os email ou o twitts, mas agora tudo ficou claro. Pena que ocorreu este atraso por parte do Clube de Anime UFABC, mas bola pra frente.

    Bom, espero que assistir Koi Koi Sevan tenha lhe trazido algo de positivo, nem que seja algo mínimo. Pelo jeito tu também perdeu a sanidade mental assim como eu acabei perdendo quando assisti essa bagaça!

    • O Didcart está no Peru, então entrei em contato com o Dennys do Gyabbo! que também estava ajudando ele na organização.

      Não sou de arredar o pé de um desafio e pra ser sincero tive vontade de falar muito mais sobre como achei esse anime ruim, mas acho que não cabia no post. Sobre animes piores eu começaria lhe indicando para nunca ver o anime Avenger, inclusive tem uma resenha antiga aqui no blog sobre ele, na época que pensava em resenhar tanto animes que gostei quanto os que não gostei, mas eu desisti de falar do que achava ruim a muito tempo, pois não valia a pena. Bem se você for na minha lista do MAL, qualquer coisa com menos de 5 deve ser pior que Koi Koi 7.

  2. […] que eu conheci, sem falar na força que deram quando eu apenas estava começando o Gekkou Gear. Minha indicação para o Anime Portfolio foi o anime Koi Koi Seven. Estou MUITO curioso para ler a opinião deles sobre este anime bizarro. Só espero que eles não […]

  3. Tabibito-san disse:

    E aí Evilásio Júnior!

    Primeira vez que o clique ganha nome e texto no blog,ou seja,a resposta está escrita nas estrelas,se é que me entende.E embora não se queira chorar pelo leite derramado,fica-se com o pulga atrás da orelha em relação às datas confusas.

    A sinopse de lutas diárias de 7(que são 6) que aparece “inesperadamente(suposição)” e os rivais nunca vencendo com seus movimentos padrões,é de uma vertente da Equipe Rocket,é ou não é?Por exemplo: disfarces de prestadores de serviço,reunir os pokémons num lugar,iniciar fuga revelando a identidade,choque do trovão e “Equipe Rocket decolando de novo”.

    Na Abertura ele tem seus momentos,mas o CHORUS não se originaliza.Já na ED,é bem melodioso,um timbre e instrumentação aveludados.Entendo a simpatia e se alguém der replays.

    Acho que devo entender que este anime junta o que poderia ser bastante interessante com o que é genérico,exs: dublagem,OP/ED & OSTs,gêneros associados,animação padrão etc.Uma sensação de “Mahou Shoutengai Abenobashi escolar” mal-sucedido passou por aqui(ecchi,muitos acontecimentos aleatórios,muitos gêneros misturados,encerramento melodioso etc),porém a calcinha na cara do espectador turvou quem queria saber dos reais motivos,manter a atenção nos rápidos reais motivos.Mais ou menos isso..?
    E talvez as pessoas da Corrente de Reviews achem que sua lista precisa de ecchi,além dos outros motivos citados.Anyway o esforço(hercúleo) de ponderar fez de sua review muito boa ao seu intento particular.

    * Outros assuntos:
    §01 O 2º e final link dos posts de anúncio de “um anime por dia” vem sempre quebrado.
    §02 Teus melhores reviews de um anime por dia devem ter sido o de Azumanga Daioh e de Full Metal Alchemist.
    §03 Os post do Anime Portifólio ou seus mesmo,pecam na coesão(exceto neste caso) para com o parágrafo de conclusão.
    §04 Sabia que ia falar de Avenger.O engraçado é que acho a introspecção e a hesitação dele,memoráveis.
    §05 Os karaokês de animes,(se me lembro precisamente) às vezes de todo instrumentais ou às vezes com vozes baixas para ajudar no ritmo,talvez imprecisasse a busca.

    E talvez isso seja tudo por hora.Au revoir!

  4. Obrigado pelo comentário e por avisar sobre o link dos posts do Um Anime Por Dia.

  5. Koi Koi Seven era muito massa 😀
    Não como reagiria hoje, mas na época que assisti gostei muito!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: