O ogro azul dos fãs de anime e mangá…


Olá a todos! A quanto tempo né? Estou bem parado nessas últimas semanas eu admito, mas não tá fácil, porém não vou discursar aqui sobre a falta de tempo e ideias para bons posts, hoje vim falar um pouco (bem pouco) sobre início de temporada, vale ressaltar que  não falarei sobre cada anime, pois já comentei todos os primeiros episódios dos 31 animes que vi lá no facebook e continuo comentando semanalmente sobre 8 (no momento 7) animes dessa temporada, então aqui ideia é comentar um pouquinho sobre minha impressão geral da temporada e deixar alguns tops que elaborei baseados nestas primeiras 4 semanas. Sem mais delongas…

E a temporada de outono hein?

#chupaSAO (Prevejo Retalhações)

Isso sim é um anime de MMORPG… com o perdão do termo, #chupaSAO (prevejo retaliações).

Contra as minhas expectativas, e as de outras pessoas, essa temporada teve quase tantas estreias quanto abril, porém ela tinha obras muito badalada, a princípio, que a maior temporada do ano, por isso muita gente pensa que no outono estreou mais séries que na primavera e o mais importante é que muitas das obras desta temporada se mostraram acima da média, fora que a temporada tem certas peculiaridades que não se via a algum tempo, como a estreia de 6 séries de esporte, sendo 2 continuações, e de uma série baseada em um jogo de luta.

E então a temporada está boa ou ruim? Perguntar isso é um tanto relativo, pois a opinião vai variar bastante, mas em geral a maioria das séries estão acima da média, fora que muitas delas surpreendem positivamente tanto nos quesitos técnicos, quanto com relação ao roteiro. Claro que também houve lá certas obras que prometiam muito e cumpriram pouco ou quase nada, mas acredito que tranquilamente possa garantir que a é melhor temporada do ano. O mais interessante da temporada é que de certa forma ela possui uma variedade relativamente grande de temas,  há obras para praticamente todos os públicos e faixa etárias, desde as crianças que podem se divertir com os puzzles fáceis demais complexos  da 3ª temporada Phi Brain ou com as lutas de bonecos empolgantes de Gundam Buid figthers, até os adultos que podem optar por ver peitos e outras coisas a mostra em Sekai de Ichiban Tsuyoku Naritai e Freezing Vibration, quanto ver uma história de romance mais madura em Golden Time, ou uma aventura épica, para o público gamer adulto em Log Horizon, ou resgatar aquele sonho de ser um herói do mundo real vendo Samurai Flamenco, entre outras possibilidades. Claro que o foco principal é no público adolescente e nos jovens adultos como sempre, mas a variedade, se comparada com os dois anos anteriores é um tanto surpreendente, principalmente para a temporada de outono.

Hime Hime, Suki Suki Daisuki Hime Hime, Kira Kira...

Hime Hime, Suki Suki Daisuki Hime Hime, Kira Kira…

Concluindo, acredito que este outono está empolgando bastante e merece ser vislumbrado por mais pessoas que gostam de animação japonesa. Está longe de ser uma temporada que ficará marcada na história dos animes durante décadas, embora haja sim obra excelentes que vão divertir muito o grande público e os públicos de nicho, nesse sentido vale a pena a quem não está tão confiante ainda sobre qual anime ver, verificar as análises de alguns blogs parceiros, ou os nossos muito comentários no facebook e no twitter e os podcasts que estão para sair sobre a temporada (pelo menos participaremos de  2). Acredito que  sem dúvida a diversidade de obras é o ponto alto da temporada, além da continuação de algumas séries bem conceituadas, como Hajime no Ippo, e o espaço dado ao gênero esporte, tão pouco explorado nestes últimos anos.  A temporada está de parabéns por ser capaz de mostrar obras que vão com certeza ser importantes para renovar o público e para mostrar que ainda hoje muita coisa boa anda sendo lançada, e digo isso pois hoje em dia quando algum amigo que conhece anime, mas que não é um espectador corriqueiro deste tipo de mídia, vem me perguntar sobre este assunto, normalmente querem saber se algo de diferente e interessante saiu nos últimos anos e, sinceramente, nem sempre tenho o que responder, ou tenho poucas obra realmente diferentes para indicar, então ao menos para mim essa temporada serviu para me fornecer obras a indicar não só para os fãs de anime, mas também para os não fãs que gostam apenas de algumas obras.

Tops legais desse início de temporada e alguns comentários

Antes de começar a apresentar os tops, vale lembrar que esta é minha opinião e com certeza diverge da opinião de muitos, se quiserem apresentar seus tops e seus argumentos nos comentários ficarei muito contente, caso não tenham visto os animes informados, pelo menos os dos tops positivos, acho que deveriam dar uma olhada, mas verifiquem antes o gênero para não se deparar com algo que não te interessa, pois por exemplo, eu gosto muito de séries de esporte, mas tem pessoas que não suportam animes deste tipo.

samurai-flamenco-1

Samurai Flamenco em ação!

5 Melhores animes

1º Hajime no Ippo: Rising

2º Yowamushi Pedal

3º Log Horizon

4º Samurai Flamenco

5º Outbreak Company

O primeiro lugar dispensa comentários, finalmente a terceiria temporada de Hajime no Ippo! Já o segundo é outra série de esporte, a segunda série de ciclismo que assisto e o protagonista é um dos melhores de animes de esporte colegial. Sobre Log Horizon, a imagem que tem no início do post já apresenta meus argumentos. Em quarto surge um herói do mundo real, que possui uma identidade secreta, vai atrás de ladrões de guarda-chuva, apanha de bêbados  e que acima de tudo possui o espírito dos seriados de heróis japoneses e aquele sonho que muitos de nós abandonamos na infância. Por último, o que mais deve ser contestado, é um anime que em minha opinião balanceia muito bem o seu lado comédia, com seu lado ecchi, com o mar de referências, com a parte dramática e qua ainda trata de forma não tão pesada, já que não é a proposta, de temas como racismo, escravidão, divergências sociais e principalmente choque de culturas.

Aaaaa-li-ba-bá...

Aaaaa-li-ba-bá…

Melhores continuações

1º Hajime no Ippo: Rising

2º Magi:  The Kingdom of magic

3º Kuroko no Basket

Novamente Hajime em primeiro, sem dúvida é o grande anime da temporada. Em segundo Magi, que começou bem empolgante, meio que mostrando que pode ser tão bom quanto no início e no fim de sua temporada anterior, e possivelmente melhor. Por fim, Kuroko no Basket, que por medo de não ter essa segunda temporada, havia entregue bastante do que veríamos aqui no último episódio da primeira, a princípio a série está mantendo a mesma qualidade da temporada anterior, logo continua dividindo opiniões.

Nagi no Asukara

O.O Caramba! O.O

Animes mais bonitos

1º Nagi no Asukara

2º Kyoukai no Kanata

3º Kyousougiga

O anime não chega a ter uma história impressionante, embora a premissa seja interessante, mas sem dúvida o visual de Nagi no Asukara é de deixar todo mundo babando, esse anime é mais uma obra de arte em movimento. Em Kyoukai no Kanata, o estúdio Kyoto Animation mostra novamente sua especialidade, criando uma série não apenas Moe, mas definitivamente linda. Por fim, Kyousugiga impressiona pela sua arte diferenciada e empolgante, consegue superar o tão comentado Kill la Kill no quesito explosão de cores na tela e sem dúvida faz de seu visual, a característica que mais chama atenção no anime, fora que o roteiro é tão louco quanto a arte da série.

Mais feio

Aoki Hagane no Arpeggio: Ars Nova

Aoki Hagane no Arpeggio: Ars Nova

Aoki Hagane no Arpeggio: Ars Nova dispensa comentários com relação a seu visual, apenas vale ressaltar que a história não compensa muito não.

Ah se a luta livre feminina fosse mesmo desse jeito...

Ah se a luta livre feminina fosse mesmo desse jeito…

Animes mais Ecchi

1º Freezing Vibration

2º Sekai de Ichiban Tsuyoku Naritai

3º Yuusha ni Narenakatta Ore wa Shibushibu Shushoku wo Ketsui Shimashita

O primeira é a continuação de uma série ecchi que gosto bastante, mas nessa segunda temporada o pessoal extrapolou. Já Sekai de Ichiban Tsuyoku Naritai me incomodou um pouco, porque tinha esperanças que mesmo com o ecchi, o lado esportivo fosse minimamente bem tratado, mas… Por fim, Yuusha ni Narenakatta abusa do ecchi e da comédia, para apresentar uma série que não é boa, mas também não é tão ruim, tem seus méritos.

E eu pensei que Free fosse exagerado!

E eu pensei que Free fosse exagerado!

Séries ruins de dar dó

1º Diabolik Lovers

2º Meganebu

As duas séries se resumem em ser fanservices para garotas. Na primeira temos fanservice para garotas que devem gostar de apanhar e na segunda tem apenas um bando de garotos bishounen de óculos que criam planos idiotas e fazem poses estranhas. De fato nenhuma das séries apresenta uma história que vá para frente, por isso acho que boa parte público alvo também não está curtindo, mas tem aquela outra parte que deve ter fantasias até com os personagens de Kaiji e deve está adorando.

Maiores Decepções

Belo uniforme!

Belo uniforme!

1º BlazBlue: Alter Memory

2º Kill la Kill

3º Aoki Hagane no Arpeggio: Ars Nova

4º Sekai de Ichiban Tsuyoku Naritai

5º Freezing Vibration

BlazBlue prometeu que seria a série que mostraria que dar pra fazer animes bons baseados em jogos de luta (ele ressalta a promessa no episódio 1), mas o que vemos é uma história completamente sem nexo, o único ponto relativamente interessante são as lutas. Kill la Kill não é um anime ruim, mas a forma como ele se vendeu, como sendo quase o novo Gurren Lagann e como uma série colegial empolgante como nunca vimos, foi tão exagerada quanto as cenas ecchi do anime. O absurdo da série tem lá seu charme e o visual diferente é bem legal, mas de fato o anime é muito menos do que o grande público esperava, principalmente quem estava empolgado por ser da mesma equipe de Gurren Lagann. Ars Nova não é um anime que gerou tanta expectativa, mas o visual, que ao menos das fragatas parecia apresentar um CG razoável, se  mostrou pior do que o imaginado. Já falei de Sekai IchibanFreezing acima.

Makunouchi Ippo

O Ippo não mudou nadinha…

Melhores protagonistas masculinos

1º Makunouchi Ippo (Hajime no Ippo: Rising)

2º Shiroe (Log Horizon)

3º Hazama Masayoshi (Samurai Flamenco)

4º Onoda Sakamichi (Yowamushi Pedal)

5º Sawamura Eijun (Diamond no Ace)

Não acho que vale a pena eu ficar aqui discursando sobre cada um desses personagens, mas vale ressaltar que além dos personagens bacanas, os animes de que eles fazem parte também são muito bons.

Mirai no Moe seria um bom subtítulo para esse anime.

Mirai no Moe seria um bom subtítulo para esse anime.

Melhores protagonistas femininas

1ª Yarizakura Hime (Yozakura Quartet)

2ª Kuriyama Mirai (Kyoukai no Kanata)

3ª Matoi Ryuuko (Kill la Kill)

4ª Hozuki Ferrari (Galilei Donna)

5ª Saeki Makoto (Gingitsune)

São poucos os animes com protagonistas femininas, mas algumas são muita bacanas. A primeira da lista pode ser contestada por muitos, mas tanto a personagem, quanto a série me agradam bastante. Todas as demais tem seu charme bem a mostra, a Mirai  é a jovem Moe de óculos que encanta por seu jeito estabanado e inocente, já a Ryuuko tem muita coragem para alcançar seus objetivos, mesmo que tenho que vestir um uniforme minúsculo para isso, a caçula das irmãs Ferrari é uma pequena gênia inocente e também muito corajosa, por fim, a sacerdotisa adolescente de Gigitsune é uma personagem generosa, embora meio cabeça dura. Vale ressaltar que, diferente dos animes do top de personagens masculinos, a maioria dos animes dessa lista estão entre medianos e bons.

Enfim é isto! Espero que tenham curtido e fiquem atentos aos comentários no facebook do Anime Portfolio. Volto a falar desse assunto em um um Animecotecast futuro. Até mais!

Anúncios

Comentários em: "E a temporada de outono hein? Primeiras impressões primeiras." (7)

  1. Igor disse:

    vc num assistiu strike the blood?????

  2. {}{}{}{}{}{}{}{}{}{}{}{}{}{}{}{}{}{}}{}{}{}{}{}{}{}{}{}{}{} disse:

    E o Coppelion? alguma opinião?

    • Eu vi apenas um episódios e não curti tanto, se bem que estava meio sonolento… Devo continuar, pois essa série parece daqueles que demora um pouco pra emplacar tipo Shin Sekai Yori segundo o que alguns me disseram, se for tão interessante quando Shin Sekai, deve ser um ótimo anime, agora a arte me incomodou um pouco, pelo menos o rosto das protagonistas, fora que a palheta de cor dos personagens é meio estranha. Se o anime for realmente bom, certamente comentarei sobre ele no futuro, pois a premissa é interessante… Aliás, só pra constar, comecei a ver alguns vídeos de lutas de verdade de Wrestling Feminino Japonês para comparar com Sekai Ichiban e mudei minha visão sobre a série, mas ainda me decepciona o ecchi, não pelo ecchi em si, mas pela forma como é utilizado, podia sim ser mantido o ecchi de uma forma mais natural, pois da forma como está, meio que denigre a imagem do esporte….

      • {}{}{}{}{} disse:

        Cara, estou vendo….mas é muito monótono :/ a cada episódio faz você querer dormir. Irei continuar, espero que não me arrependa. Sekai Ichiban eu não vi, mas pelo jeito é puro ecchi.

  3. Aoki Hagane no Arpeggio: Ars Nova pode ter uma animação horrível e uma historia sem pé nem cabeça, porém algum que me chamou a atenção nele foi as batalhas navais e as táticas que utilizam, achei baste legal isso neste anime… Agora o resta é apenas decepção… Tirando uns efeitos especiais legais que acontece de vez em quando…

  4. Sem dúvida o Log Horizon é um anime do gênero MMORPG melhor do que SAO. Aquela decepção…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: