O ogro azul dos fãs de anime e mangá…


Yo! Hoje tecerei minhas considerações finais sobre um dos poucos animes de janeiro de 2013 que gostei bastante, Maoyuu Maou Yuusha. Dessa vez não é uma série que vi devido a coluna Hora de Aventura, mas uma obra que acompanhei semanalmente a medida que ia sendo lançada no Japão e cheguei a fazer dois posts comentando episódios deste anime para Anime Portfolio (Estes post podem ser conferidos clicando aqui).

Maoyuu Maou Yuusha

Construindo um mundo sem guerras...

Construindo um mundo sem guerras…

Como sempre, deixo claro que este texto não é uma resenha e pode conter spoilers leves, então antes de lê-lo recomendo dar uma olhada na resenha de Maoyuu que fiz para o Um Anime  Por Dia clicando aqui.

Título: Maoyuu Maou Yuusha
Obra Original: Light Novel
Autor da Obra Original: Touno Mamare
Gêneros: Fantasia Medieval, Político, Distopia, Demônios
Número de episódios: 12
Ano de Lançamento: 2013
Produtora:Arms
Diretor: Takahashi Takeo

Maoyuu Maou Yuusha se passa em  um mundo de fantasia medieval, onde os humanos e os demônios estão em guerra e graças ao surgimento de herói (Yuusha), os humanos conseguiram se mostrar mais vitoriosos nos últimos tempos e este herói decidiu dar um fim para esta guerra indo enfrentar sozinho o reio demônio (Maou), mas lá chegando ele se surpreende ao ver que o atual rei demônio é uma bela mulher e que ela estava o esperando, pois queria propor um acordo para este. A Maou gostaria que o Yuusha se unisse a ela em seu plano de levar a paz a todo aquele mundo, tanto aos demônios, quanto aos humanos, e mesmo se recusando a princípio, ele acaba compreendendo que a verdadeira intenção dela é boa e eles fecham um contrato onde cada um passa a está ligado ao outro para sempre durante essa difícil jornada…

Quem ver esse prólogo deve pensar que este é uma anime cheio de grandes batalhas, mas na verdade há batalhas, porém poucas (porém todas são muito boas), pois o anime é muito mais focado no jogo político e econômico do que em batalhas, pois toda a guerra tem seus motivos para ocorrer e há três motivos comuns a maioria das guerras, a diferença de crenças, aqui representado pela questão religiosa, a vantagem econômica de certas nações, aqui muito mais voltada a principal nação humana, porém envolve toda a economia do mundo, e a questão política, que envolve tanto humanos quanto demônios, embora o jogo de poder entre cada raça ocorra de forma diferente. Assim sendo, a ideia da Maou está relacionada a atacar nessas três frentes e vale a pena destacar a questão econômica, pois ela também se liga a duas coisas muito importantes, a desigualdade social, que  aqui também está ligada a miséria e a escravidão,  e ao avanço científico, melhor representado pelo desenvolvimento de alguns novos instrumentos e técnicas avançadas de colheita.

Um dos pontos que mais me chamou a atenção na obra também foi o fato de nenhum personagem ter um nome, eles sempre se referem uns aos outros por um título, como Herói, Rei Demônio, Governanta, Empregada, Cavaleira, Rei da nação do sul, Rei da nação do norte, Comerciante e etc. Isso só ressalta a ideia de que essa não é uma simples fantasia, mas uma história completamente diferente, inspirada em conflitos reais, mas com diferenças óbvias, mesmo assim me empolga muito ter uma história medieval desta forma em mídias como light novel e anime, pois é algo que foge completamente do lugar comum.

A série tem uma animação razoável, e uma arte que me agradou bastante, além de uma trilha sonora muito boa e uma ótima dublagem. Dentre os episódios deste anime, um que nunca esquecerei é o episódio 9, em que a empregada está travestida de Maou, que por sua vez é conhecida pelo a maior parte do povo humano como Mestre Carmesin,  quando a  Mestra Carmesin foi tachada de pagã pela igreja, por certos motivos que nada tem haver com práticas pagãs. Durante o julgamento desta a empregada faz um discurso de arrepiar todos os pelos do corpo.

Enfim, Maoyuu foi um dos animes mais interessantes de 2013 e embora não tenha obtido todo sucesso que acho que merecia é uma obra  de que sempre lembrarei e que recomendo profundamente a todos os fãs de uma boa fantasia medieval que gostariam de acompanhar muito mais do que uma simples história de heroísmo e lutas.

Anúncios

Comentários em: "Considerações Finais sobre Maoyuu Maou Yuusha" (4)

  1. Esse anime é incrível! Concordo em número e gênero com você. É bom ver um anime que tem um foco diferente e conta uma narrativa interessante. É uma pena que acabou meio “vago”, me deixando com muita vontade de ler a novel (é uma novel? o_O).

  2. marcio disse:

    Opa, adorei tb esse anime^~ e engraçado para caramba ver a Maou e a cavaleira disputando o herói rsrs. quando assisti ao final pensei que logo haveria uma segunda temporada + nada ~~ uma pena PS. vira e mexe estou ouvindo a OP no meu micro aki em casa ^^

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: