O ogro azul dos fãs de anime e mangá…


Podcast em parceria entre o Anime Portfolio, Netoin e Animecote com a participação de Evilasio Junior (@JuniorKyon), Aiscrim, Carlírio Neto (@cnetoin) e Bebop (@animecote). Nessa edição falamos sobre Digimon Tri, Dragon Ball Super, Astro Boy e a volta das velhas franquias + Plastic Memories 9 a 11.

Blocos:
00:00:00 – Introdução e comentários da última edição
00:16:12 – Digimon Tri, Dragon Ball Super, Astro Boy e a volta das velhas franquias
01:06:29 – Plastic Memories 6 a 8
01:26:16 – Considerações Finais

Extras:

Para baixar o áudio e escutar depois recomendo usar este site: http://www.youtube-mp3.org/

Anúncios

Comentários em: "Kyoudai Podcast #11 – Digimon Tri, Dragon Ball Super, Astro Boy e a volta das velhas franquias + Plastic Memories 9 a 11." (10)

  1. ismael monteiro thé disse:

    E aí caras ansioso para ouvi!!!!!!!!!!!!!!!!

  2. Senhor Junior, seu Verme, não se preocupe, sua vida não corre perigo por não ter lido meu comentário.

    Agora quanto ao reaparecimento de franquias antigas, é uma jogada comercial até que inteligente, afinal os fãs adolescentes e crianças das épocas passadas cresceram, se tornaram um público consumidor estabelecido, onde relançando a franquia, terá venda certa, junto a oportunidade de conquistar um público mais novo que irá querer consumir.

    Mas pode ser um tiro no pé que voltará na testa, afinal a tentativa de ressuscitar os mortos pode terminar de matá-los de vez dependendo em como o remake será tratado.

    Aguardar é preciso.

    • “Agora quanto ao reaparecimento de franquias antigas, é uma jogada comercial até que inteligente, afinal os fãs adolescentes e crianças das épocas passadas cresceram, se tornaram um público consumidor estabelecido, onde relançando a franquia, terá venda certa”
      @João Paulo Oliveira, discordo de você neste ponto. Se fosse assim eu estaria colecionando Love Hina, YuYu Hakusho e Samurai X novamente. E não estou colecionando novamente nenhum dos 3 mangás. A mesma coisa vale para animes. Tudo depende, acho, da cabeça de cada pessoa, se ela quer perder tempo e dinheiro consumindo remakes ao invés de ir para outros caminhos consumir outras coisas boas E diferentes do que ela já viu.

      De fato tem-se uma oportunidade para angariar novos fãs, mas no mundo de hoje, nestes nossos dias atuais tão globalizados e informatizados, com a internet aí para nos fazer feliz em relação a assistir animes, você acha mesmo que os fãs simplesmente não conseguem assistir a maioria dos animes antigos se eles realmente quiserem?? É claro que conseguem! Se não conseguem, em geral será porque são preguiçosos. Brasileiros são mestres na “arte” da preguiça, mas os japas acho que não, com exceção de hikikomori’s e talz…
      Cara, eu tenho Gundam original legendado… Gundam original!!! Sabe o que é isto? É um anime de 79, que nunca passou aqui… assim como tenho diversos outros animes que passaram aqui e/ou somente no Japão quando eu nem era nascido ou ainda era um bebê gordinho e fofinho… E olha que eu NUNCA tive internet em casa!
      O único ponto que me faz ver isto com um pouco de ressalva é a animação de hoje comparada a de anos atrás. Mas mesmo assim, fã que é fã de anime mesmo, primeiro deveria correr atrás da história, saber se é boa, se é legal, para depois sim pensar na animação, mas a galera mais nova (ou às vezes nem tão mais nova assim) tende a ser imediatista demais e/ou olhar primeiro para a animação.
      Por fim, tem certas coisas que eu até veria com bons olhos fazerem um remake, agora animes dos anos 80 (com uma outra ressalva), 90 e 2000 não são o caso…

  3. ismael monteiro thé disse:

    gostei bastante do cast , é bem complicado realmente esses ” renascimentos ” dos animes , pode ser incrível , como pode enterrar a franquia de vez , no final do podcast tem um som subliminar do Carlírio , brincadeira .

  4. Escritora disse:

    Das voltas de antigas franquias, só me interessou apenas o Digimon Adventure Tri: o fato de optarem em OVA’s em vez de uma série foi um bom acerto; não estranhei o visual dos digiescolhidos, tava na hora de sair dos traços que Digimon tinha desde o começo e ansiosa pra ver como vão tratar desta nova aventura, não precisa ser épica, apenas sensata em sua execução.

    Sobre o assunto, trazer séries em novas roupagens é bastante comum, até pra colocar ao público mais novo aquilo que fazia sucesso no passado, mesmo que aja muita porcaria no meio da parte boa. Por exemplo, acompanhei as duas adaptações feitas do “Magic Kaito”, os OVA’s e “Magic Kaito 1412”: tirando alguns detalhes, ambas trouxeram a história de Kaitou Kid e o resultado foi satisfatório para mim. Outro anime que vou assistir com certeza é a versão TV para “Ushio to Tora”, pois vi os OVA’s e gostei do resultado; fora que estou pegando jeito em acompanhar séries da Shounen Sunday, ao menos, os roteiros e personagens tem chamado a minha atenção – animes e não os mangás em questão – gosto é gosto nestas horas.
    Recentemente terminei de ver o “Shijou Saikyou no Deshi Kenichi” – anime e os OVA’s – e reparei que mesmo sendo uma boa série no estilo shounen de batalha, achei os OVA’s bem fracos em termos de animação, simplesmente detonaram o visual de certos personagens que na versão TV já era ótimo. Espero que façam uma nova série que traga o restante da história, porque valeu demais de acompanhar Kenichi e companhia.

    Fato é que retornar antigas franquias é um gosto pela nostalgia que traziam em seu passado, mesmo que signifique transformar o que era bom em algo ruim; fator similar aos remakes, que podem ser bons ou não, dependendo de quem faz. O que faz diferença é a reação do público: são eles que farão estas voltas boas pra relembrar ou preferir que tivessem permanecido nos antigos tempos.

  5. Fiquei chateado por não terem lido o meu comentário também… =( =( =(
    kkkkkkkk, zoeira, tá de boa, acho que você agradecer pelo menos a quem comenta, já é muito bacana. o/
    Mas agora que você jurou, eu quero ter meu comentário lido no próximo KP! rsrsrs. xD
    Ótimo cast e a discussão foi muito boa. Parabéns a todos. o/

    – CDZ depois que voltou c/ a Saga de Hades, nunca mais foi embora… nem conta p/ o tema da discussão.
    – E @Carlírio… sou fã de CDZ e não estou sequer pensando em ver o trailer deste ‘Soul of Gold’, descartei completamente qualquer hipótese com relação a assistir este anime.
    – @Evilásio, seu VERME! kkkkkk. Eu não fiquei nada empolgado com o teaser de DBS. u_u
    – Eu devo ser um dos poucos que não vê nada de legal em trazer coisas antigas de volta.
    – Ah sim, e sou muito mais o 2D! o/

    – @Escritora, no caso do Kenichi, os OVA/OAD’s nada mais são do que ‘aventuras’ que a série não teve, não se trata de trazer algo de volta ou em nova roupagem. Kenichi é um mangá enorme que não foi totalmente adaptado, então vira e mexe eles trazem algo assim para também vender mais mangá…

    – Estão faltando animes originais porque está faltando criatividade. É o que venho comentando há tempos aqui mesmo no AP. Os caras estão s/ criatividade alguma, cada vez mais fazendo “animes repetidos”, estão atirando p/ todos os lados, não se tem originalidade. Agora, deveremos partir de vez p/ isto, remakes de animes antigos ou a volta de velhas franquias p/ tentar preencher espaço. Mas concordando com @Carlírio, para mim não preenche espaço algum…
    E eu não queria generalizar, mas os caras voltam c/ as franquias por que vende? Sim, ok, vende. Porque tem muita gente que compra, não só no Japão como fora dele. Se eu discutisse a sério sobre isto, eu ofenderia meio mundo, então é melhor deixar para lá, mas vocês estão certos, se o negócio vende, porque eles vão parar, né? Vide Teekyuu…¬¬

    – A ‘bomba-mor’ que pode ser um sinal forte que os animes podem de fato estar morrendo (kkkkkk), como Hideaki Anno disse, é um boato que ouvi de um amigo da facu no dia 19/06/15, e que deve agradar ao André: YuYu Hakusho vai ganhar um remake… (aí eu disse: sério?… tá de sacanagem!?… sério mesmo?… não cara, nãããooo…¬¬)
    E aí eu lhes pergunto: YuYu precisa de remake?
    E aí eu faço outra pergunta: se realmente esta notícia for verdadeira, eu vou assistir este novo YuYu? Não, obviamente. Por melhor que seja, por mais informações positivas que existam a respeito, não darei trela para isto. Para mim é mais vantajoso assistir o anime ‘original’ pela 4ª vez do que ver um remake de YuYu…

    Carlírio mandou bem na música ‘Panela Velha’ do eterno sertanejo Sérgio Reis! kkkkkkkk

    • Até o momento essa informação do Yuyu foi só um boata que espalharam, o André me passou a imagem dizendo que a Madhouse ia fazer um novo Yuyu, mas eu fui pesquisar e nada disso foi noticiado.

      • Mas foi isto que eu disse, meu nobre @Evilásio…xD
        “é um boato que ouvi de um amigo da facu no dia 19/06/15, e que deve agradar ao André: YuYu Hakusho vai ganhar um remake…”. E realmente ele também falou que seria pela Madhouse…
        O que dá menos crédito ainda ao boato, já que a Madhouse não é de fazer animações tão grandes quanto YuYu foi… ou será que eles encolheriam o anime a ponto de ficar com pelo menos 40 episódios a menos? Pois de 2000 para cá, à exceção de HajIppo, Monster, Hunter x Hunter 2011 e Daiya no Ace, nenhum outro anime teve mais de 70 episódios.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: