O ogro azul dos fãs de anime e mangá…

“Animes em 2010: Uma retrospectiva do que saiu neste ano” por Kyon – Parte final

Kyon desu!

Olá novamente, mas uma vez aproveitando a folga do fim de noite, que é a unica que tenho, pois é quando a Haruhi não está por perto,  vim terminar a retrospectiva das animações japonesas que saíram no ano de 2010 e principalmente os que acompanhei pelo menos alguma parte.

Outubro, a temporada mais esperada do ano

Outubro como sempre foi a temporada mais aguardada, e foram muitos os animes interessantes, mas no fim somente alguns alcançaram o sucesso neste fim de ano.

Em outubro estreou o anime de Iron Man, como sempre Tony Stark e a sua língua afiada marcaram presença e desta vez em Tokyo, ou seja, Tony Stark está em Tokyo nessa aventura, mas até mesmo no Japão há inimigos para o Homem de Ferro. O anime parece bom, só não parece anime, a série lembra mais as animações americanas de heróis da Marvel/DC , mas ainda merece ser vista.

De animes medianos tivemos os esperados Hyakka Hyouran, que a meu ver é só um ecchi com garotas samurais. O Sora no Otoshimono Forte, a continuação direta de Sora no Otoshimono, que lembra bastante a 1ª temporada. Fortune Arterial:Akai Yakusoku, simplesmente não é um anime tão bom, mas também não é ruim. Panty & Stocking with Gaterbelt, que conta com duas anjas caídas e nada angelicais vivendo no mundo humano e o salvando dos espíritos malignos que aparecem, o destaque principal é para as personalidades bem singulares das principais e o design cartunesco do anime. Hakuoki: Hekketsu Hoku, a segunda temporada sem sal de Hakuoki. Yosuga no Sora, que segue o clássico estilo de anime com apelos sexuais e muitas garotas saídas de um Galge*. Shiryaku! Ika Musume, uma comédiazinha divertida, mas que ainda não deu para ver direito. E a continuação de Toaru Majutsu no Index, que apesar de eu dizer que é mediana, estranhamente me atrai.

De animes apenas acima da média eu assisti Shinrei Tantei Yakumo, uma história sobre um garoto detetive com habilidades sobrenaturais resolvendo casos misteriosos, nada incomum, mas bom.  E Ore no Imouto ga Konna ni Kawaii Wake ga Nai, um anime que se destaca por mostrar mais uma vez a critica a forma como os otakus são tratados no Japão, porém também é um anime cheio de falhas e controvérsias, que gerou uma discussão em vários sites da internet que a meu ver é sem sentido. Faz muito mais sentido as pessoas discutirem o como é perigoso reviver o mês de agosto milhões de vezes.

Antes de falar dos bons animes devo falar do maior fracasso de outubro, Star Diver: Kagayaki no Takuto, a história do Lindo garoto galáctico. Basicamente o Mecha mais ridículo  dos últimos anos e  mais ainda, o anime que acabou com a audiência do famoso horário de domingo  onde passava Full Metal Alchemist Brotherhood, é o típico anime que me fazia pensar qual a graça em ver latas velhas gigantes brigando.

Os muito bons de outubro foram até mais do que esperava a começar pelo insano MM, um anime ecchi sobre pessoas com estranhos gostos e manias, como a do garoto que se veste de menina, da garota que tem medo de homens e esmurra todos os que se aproximam dela, da pirralha super inteligente que sente falta de sua infância e principalmente o sadomasoquismo do protagonista, resumindo um anime sobre pessoas comuns que você encontra todo dia na esquina, ou será que não. Também estreou em outubro a segunda temporada do dramático Tegami Bacchi, e mais uma vez Lag Seing derruba um rio de lágrimas vem episódio e vai episódio, nessa série a principal novidade é o fato de Lag finalmente ter encontrado Gauche, mas o reencontro não saiu como esperado pelo chorão. Em outubro também conheci Kami Nomi Zo Shiru Sekai, a fantástica história do deus da conquista, o mago dos jogos de simuladores de encontro, o único cara que consegue jogar mais de 10 video-games ao mesmo tempo e ainda usar suas incríveis habilidades obtidas no mundo dos games para conquistar garotas problemáticas no mundo real.

Outubro ainda teve duas séries que coloco no patamar “Talvez até a Nagato gostasse”. A primeira é a continuação de Arakawa Under the Bridge, Arakawa Under the Bridge x Bridge, simplesmente é um Arakawa melhorado, se bem que não tanto, porque se melhorasse mais podia fundir o cérebro daqueles que ainda tentam entender a história e não simplesmente aceitar e curtir. E o anime mais esperado de outrubro que correspondeu as expectativas de todos e cujo mangá tá vendendo que nem água, falo de Bakuman. A história se resume a simplesmente dois adolescentes que desejam se tornar mangakas por motivos que só desrespeitam a eles mesmos, mas que todo mundo que viu o anime sabe, e acabam esbarrando em um mundo de difícil ascensão em que poucos são os que deixam de ser simples apostadores para se tornar estrelas.  Os jovens seguem apenas um desejo, ter um anime baseado em seu mangá até os 18 anos.

Novembro e Dezembro e o fim de 2010

Os dois últimos meses do ano não  são muito para séries, porém Novembro foi o mês que estreou o que junto a Nodame pode-se dizer que é um dos melhores shoujo/jousei do ano. Kuragihime é um anime que mostra a vida de uma garota otaku por águas vivas após conhecer um playboyzinho que gosta de se travesti ao mesmo tempo que convive em um condomínio de garotas otakus que não se dão bem com o resto do mundo. Uma série sensacional que agrada aos adoradores de shoujo gregos, troianos e do resto do mundo e que também deve agradar a alguns que não assistem muitos animes deste estilo. Um série que até mesmo a Harurhi tá curtindo ver. Fora isso em novembro também teve o Ova do mangá Koe no Ashigoto, uma série sobre seiyuus de jogos hentai.

E em dezembro tivemos a estréia do filme 4 de Bleach, de um OVA continuação de Major, das supostas estréia das séries  Haiyoru! Nyaruani e do anime do X-MEN punk Wolverine. E pra finalizar neste mês também houve o lançamento do terceiro vídeo da Série Isshoni Training, o Isshoni Training Ofuro: Bathtime with Hinako & Hiyoko que traz a Hinako e, a nova aprendiz de intimidadora sexual, Hiyoko, dessa vez tomando banho. Ou seja deverão ser mais 40 min de muita espuma, curvas, angulos indiscretos e pedidos com segundas intenções.

Resumindo o ano foi…

….realmente  Bom. Teve belas estréias, animes que ainda virão com sequências no futuro, coisas toscas que serviram para me fazer rir, animes realmente muito  divertidos e animes que Até a Nagato podia gostar. Apesar disso o ano teve poucas séries e com a bomba que é a Lei 156** infelizmente 2011 não parece ser o ano em que esse quadro vai mudar, mesmo assim já achei 2010 um ano realmente bom para os animes e torço para que 2011 seja muito bom, pelas séries que já estão garantidas para o ano que vem parece que ele vai ser bom sim.

TOP 10 em  2010

E aqui está o top 10 dos animes de 2010 que vi em 2010, lembrando que muitos dos filmes comentados eu não vi porque o DVD e o Blu-Ray só saem em 2011.

10º Katanagatari

9º Major 6ª Temporada

8º Nodame Cantabile: Finale

7º Durarara!!

6º High school of dead

5º Arakawa under the Bridge

4º Arakawa under the Bridge x Bridge

3º Kuragihime

2º Bakuman

1º Suzumiya Haruhi no Shoushitsu

Por esse ano é só, encontro vocês na retrospectiva do ano que vem e curtam o blog Anime Portfolio no fim desse ano e durante todo 2011.

*Galge – Jogo Hentai

**Lei 156 – Lei promulgada em Tokyo que prover sérias punições aos que publicarem mangás e produzirem animes com teor sexual, principalmente com personagens menores de idade.

Comentários em: "“Animes em 2010: Uma retrospectiva do que saiu neste ano” por Kyon – Parte final" (3)

  1. davimp disse:

    Não vi todos por completo, mas meu top 10 é o seguinte:

    1º Nodame Finale
    2º Gundam Unicorn
    3º Kuragehime
    4º Sarai-ya Goyou
    5º Bakuman
    6º Rainbow
    7º Major T6
    8º Arakawa
    9º Giant Killing
    10º Yojouhan Shinwa Taikei

  2. Rapaz, eu não vi quase nada em 2010. Considerando apenas animes que estrearam em 2010, ficaria assim:

    1- Suzumiya Haruhi no Shoushitsu
    2- Durarara!
    3- Nodame Cantabile: Finale
    4- Arakawa Under the Bridge (só conto como 1!)
    5- K-ON!!
    6- Fate/Unlimited Blade Works

    e só. Os outros que vi não gostei. Faltou eu ver (mas ainda pretendo ver) Basara 2 e HighSchool of the Dead, mas dificilmente conseguiriam lugar entre os 5 primeiros. Se considerar o critério do AnimeReactor/Anidb, onde os animes que começaram em 2009, mas terminaram em 2010 entram na votação de 2010, Kobato entraria nessa lista também.

    Falando em AnimeReactor, já vai começar a votação lá no fórum deles! Saíram alguns indicados. Vê lá depois!

  3. Só vi dessa parte Oreimo e gostei bastante. Tomara que tenha continuação e foquem mais na Kuroneko e na Saori.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: