O ogro azul dos fãs de anime e mangá…

Mushi Production

Mushi Production

Tetsuwan Atom, 1963

“A Mushi Production foi uma das pioneiras a produzir  animação Japonesa para TV, ela deixou muitos marcos na história dos animes e fez alegria de toda uma geração de fãs de animações”

Sobre o Estúdio

Criada em 1961 por Osamu Tezuka, começou simples, com poucos membros, logo se fez uma gigante. Tudo começou quando Tezuka comprou sua mansão de paredes brancas, em 1960 e antes mesmo da casa ficar pronta ele construiu um depósito onde guardou diversos materiais própios para a produção de animações. Desde criança Tezuka tinha o sonho de Produzir animações. Em 1961 ele reuniu diversos jovens animadores, que se juntaram a ele para criar a animação “Machi no Katasumi no Monogatari”, nesta época a produtora tinha o nome de provisório de Tezuka Osamu Production Dohga-Bu (Produtora Osamu Tezuka – Departamento de animação). A medida que a equipe foi crescendo foi necessário criar uma empresa, então surgiu de fato a Mushi Production.

Em 1962 surgiu a idéia de fazer algo novo, algo que ninguém antes havia feito, produzir uma série de animação semanal para TV, com a popularização da TV Japonesa, a aposta poderia gerar grandes recompensas, e assim começou a ser produzido a primeira versão animada de  Tetsuwam Atom, baseado no mangá homônimo de Tezuka, um dos maiores sucessos do mangaka. Tezuka fez uma aposta arriscada e quase fatal, tentou produzir Atom com um baixíssimo orçamento e num ritmo muito alto,  foram noites e mais noites que sua equipe passou em claro o que fez a sua mansão receber o título de castelo da insônia. E em 1º de janeiro de 1963 foi ao ar  o primeiro episódio de Tetsuwam Atom, e foi um sucesso descomunal, Atom não só conquistou as crianças de quase todo Japão, como se tornou um dos principais produtos de marketing da época. Com a venda de diversos produtos baseados em Atom e nos demais personagens da série a Mushi Production conseguiu bastante lucro, o que foi um alívio para os caixas da produtora.

Tezuka, um apaixonado por animações experimentais, produziu animação após animação, e logo a Mushi Production se tornou uma das produtoras de animação mais prestigiadas da época, porém a produção de animação com baixo orçamento, que era uma jogada de Tezuka para popularizar as animações frente os empresário donos das TV’s Japonesas acabou se tornando um tiro pela culatra, pois apesar do sucesso das animações que estava aumentando,  a fraca administração da produtora lhe rendeu diversas dívidas, porém a produção de animações não parou. Em paralelo com a produção de animações para TV, a Mushi Production começou a produzir loga-metragens de animação para o cinema, conseguindo lotar os cinemas japoneses de fãs de animações que trouxeram mais um bom saldo para produtora. Em 1964, um ano após o início da exibição de  Tetsuwam Atom na TV japonesa, a Mushi Production fechou contrato com a NBC (A maior rede de TV Americana da época) e Tetsuwam Atom (chamado de Astro Boy no ocidente) começou a ser exibido nos Estados Unidos. Essa parceria voltaria a ser firmada no fim do anos 60  com a exibição de  Kimba, o Leão Branco (Jungle Taitei no original) que foi a primeira série colorida de animação Japonesa, o que causou um grande problema financeiro para a Mushi Production, mas que foi de longe um das maiores contibuições da produtora para o mundo dos animes. Em 1972 em meio a crises internas Tezuka se ver obrigado a deixar sua adorada Mushi Production, essa foi uma das maiores tristezas de sua  vida. Em 1973 a Mushi Production declara falência e tem fim uma das maiores produtoras de animação do mundo. Anos depois, Tezuka, já livre de problemas finaceiros e com sua fama em alta, reabriu sua produtora de animação, desta vez com o nome Tezuka Production ( ou Tezuka Prod.) . A Tezuka Prod.  existe até hoje.

Apesar de todos os problemas financeiros, a equipe da Mushi Production se tornou famosa por sua garra e seu amor pela animação. Inspirados por Tezuka que tinha que dividir seu tempo entre suas publicações de mangá e entre a produtora,  todos os membros da produtora fizeram um trabalho que será lembrado por muitos e muitos anos.

Opinando…

Apesar da má administração, a Mushi Production deixou seu nome marcado na históra da animação Japonesa e mundial. Além de suas produções sempre bem trabalhadas e com enrredos de prender a atenção de milhões de espectadores, muitas das técnicas de animação utilizadas hoje em dia nasceram na Mushi Production. A primeira série semanal de animação e o primeiro anime colorido foram obras da Mushi Production. Apesar de um fim indesejado, o saldo para o mundo das animações foi muito positivo. O amor pela animação que Tezuka possuia contagiou todos os membros da Mushi Production que através de seus trabalhos emocionaram toda uma geração. Se Tezuka é o pai da animação, A mushi Production foi a produtora mãe.

Trabalhos da Produtora

1963 – Tetsuwam Atom e Ginga Shonen Tai

1965 – Wonder three, Jungle Teitei e Shin Takarajima

1966 – Son Goku ga Hajimaruyou

1967 – Ribon no Kishi e Goku no Daibouken

1969 – Dororo, Muumin e Senya Ichiya Monogatari

1970 – Cleópatra

1971 – Sasurai no Tayou

1973 – Wansa-Kun

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: