O ogro azul dos fãs de anime e mangá…

Arquivo por Autor

Kimi Ga Nozomu Eien

A primeira culpada...


“…” -@YakuzareD assistindo o título supracitado

Antes de mais nada devo informar que esta postagem foi feita para comprar a empreitada de postagem coletiva de vários blogs relacionados a animação japonesa. Depois de ler toda esta postagem tratem de visitar os blogs parceiros que estão participando deste evento na blogsfera. No fim da postagem ficara a lista de blogs com os devidos links para que vocês possam acessar e tornar este grande evento  um sucesso.

Relatando…

Suponhamos que você, caro leitor, seja uma ameba acéfala. E que, mesmo sem massa cinzenta, você seja alvo de uma lobotomia. Esse é o público-alvo de Kimi Ga.

Devo começar com o fato da história ser baseada num EroGe (Erotic Game) de quinta. Nada contra séries baseadas em EroGe’s, mas bem que o pessoal do Studio Fantasia podia ter escolhido algo melhorzinho pra animar.

Logo de cara somos apresentados aos três personagens-chave da história: Takayuki, um rapaz com ausência crônica de masculinidade, Haruka uma cosplayer de Sakura Kinomoto doce e inocente garota apaixonada e Mitsuki, a personagem cuja falta de atitude é a força motriz da série. Haruka e Mitsuki são melhores amigas e eis que Haruka encontra-se a fim de Takayuki que, mediante a um apelo de Mitsuki, aceita Sakura Haruka, mesmo tendo sentimentos pela outra que TAMBÉM nutre sentimentos por ele. Então que ocorre um acidente (no segundo episódio, se não me falha a memória) e as vidas de todos os personagens mudam para sempre.

Opinando… (contém spoilers)

Logo de cara, a gente sabe que vai dar merda. Por que?, você me pergunta. Pelo simples motivo do cara se meter num relacionamento com uma mina sem motivo nenhum, estando a fim da melhor amiga dela, que também está a fim dele. O cara podendo ser homem e dispensar a Sakurinha (ou pegar as duas num menage épico regado à sake) fica com essa lenga E se atrasa indiscriminadamente para um encontro com Haruka, que estava no local errado na hora errada e pá. A mina sofre um acidente e entra em coma, Takayuki assume sua natureza emo, Mitsuki se aproveita pra dar pro Takayuki (seu sonho colegial, diga-se de passagem) e tudo isso num clima forçado de história adulta. Forçado pelo simples fato de nenhum personagem agir como um adulto. É como se uma história precisasse ser entupida de depressão pra ser considerada adulta, manja? O nível de babaquice é tão crítico que a única personagem EM TODA A HISTÓRIA com algum nível de sensatez, maturidade e consciência, é a irmã mais nova da Haruka, Akane. Pra não dizer que ela é uma boa personagem (seria um exagero, em Quem me Dá Kimi Ga), a guria é totalmente revoltada com Takayuki e Mitsuki por eles estarem traindo uma mina que ninguém sabia se ia acordar. Em algum momento a bela adormecida desperta do coma, mas crendo ainda estar na época em que o acidente ocorreu. Como nosso protagonista é MACHO, eles resolvem fingir que o tempo não passou pra mimar a garota (que só se fode, diga-se de passagem). Takayuki se separa de Mitsuki, com quem tinha um relacionamento estável, até então, para ficar com Haruka, que gradativamente começa a notar detalhes, como o tamanho de seu cabelo (muito longo pra continuar parecendo a Sakura), as mãos, agora finas, e passa a perguntá-lo quanto tempo se passou.

Finalizando…

Se você não conseguiu ler minha descrição até o final, não se espante. O texto reflete fielmente o que se passa no anime.

Há quem goste? Claro! Se tem quem goste de Restart e novelas mexicanas…

O lance é que um tipo de história que não dá pra engolir. Tudo nela é falho ou inverossímil de alguma forma. Mas, se você quiser descobrir por conta própria, ou mesmo gostar de sessões de tortura, assista.Quem me Dá Kimi Ga. Mas não diga que eu não avisei.

Acessem os blogs abaixo que também estão partcipando do evento de postagem coletiva e vejam outros pontos de vistas sobre Kimi Ga Nozomu Eien:

Gyabbo! – Subete Animes ( por Panina Manina ) – Elfen Lied Brasil – Chuva de Nanquim – MBB Anime Kenkyuukai – Netoin – Otakismo – Buteco Shounen – Mithril – Visual Novel Brasil – Mais de Oito Mil – Philosophy Otaku – Yasumi no Cast – Moon Stitch – Otame: Otaku no Ame– Video Quest – Neo Armstrong Cyclone Jet Armstrong Blog – Subete Animes ( por Leandro Nisishima )

Anúncios

The Kira Justice – Sombras e Luz

Fugindo um pouco dos nossos posts convencionais, venho aqui divulgar o trabalho de uma banda nacional que traz ao público uma mescla de músicas nostálgicas de animes, desenhos e filmes com rock. Trata-se da banda porto alegrense The Kira Justice, que recentemente lançou seu primeiro álbum, após vários singles e um EP.

The Kira Justice – “Sombras e Luz”: Primeiro “Full” da banda

The Kira Justice - Sombras e Luz

No dia 20 de março, a banda gaúcha The Kira Justice, conhecida por suas adaptações de canções de animes, filmes e séries da TV lançou seu primeiro cd “Full”, intitulado “Sombras e Luz”. O trabalho conta com 12 faixas, sendo destas 4 músicas de autoria da banda.
Ainda, segundo a banda, o cd reflete toda a experiência que a banda teve nos últimos anos, inclusive expressa em suas músicas autorais, que trazem batidas eletrônicas, sons pesados e inclusive uma balada. Na ala das adaptações Dragon Ball GT, Pokémon, Cavaleiros do Zodíaco e até mesmo o seriado mexicano Chaves foram homenageados.

O cd já foi disponibilizado pela banda para download gratuito através do endereço http://sombraseluz.4shared.com/ (4shared) ou pelo endereço http://tinyurl.com/TKJ-sombras (mediafire) e também está disponível para ser ouvido no myspace oficial da banda. Então, baixe agora e confira!
Se quiser conferir o quarteto ao vivo, confira as datas já confirmadas da turnê “Sombras e Luz”:

09/04 – Manaus/AM (Anime Jungle Party) [+info]
01/05 – Rio Bonito/RJ (Ribanime)
14/05 – Curitiba/PR (Shinobi Spirit)
15/05 – Porto Alegre/RS (AnimeXtreme)
21/05 – Belo Horizonte/MG (AnimeBH)
28/05 – Uberlândia/MG (CATSU)
20/11 – Joinville/SC (Hanamachi)

E-mail para contato:
thekirajustice@gmail.com

Links oficiais:

http://myspace.com/thekirajustice/ – MySpace oficial
http://twitter.com/thekirajustice – Twitter
http://youtube.com/thekirajustice – Youtube
http://www.orkut.com.br/Main#Community?cmm=401735 – Orkut

Detroit Metal City

Go to DMC!

Go to DMC!

“Tenho que ser grato à música. Sem ela, eu teria me tornado apenas mais um serial killer insano.” – Krauser II

Relatando…

Imagine-se um rapaz do interior que muda-se para a capital Tóquio a fim de fazer faculdade e, talvez, realizar seu sonho de se tornar um artista famoso com músicas alegres e românticas de pop sueco. Agora imagine que este rapaz, você, é o vocalista da banda de death metal mais cultuada Tóquio, com músicas que falam sobre assassinatos, tripas, estupros e coisas do tipo. Bem, esse é Souichi Negishi, ou devo dizer Johannes Krauser II? Sempre em conflito por causa de suas “duas vidas” totalmente opostas, Souichi é o protagonista de Detroit Metal City, uma série de 12 OVAs de pura comédia lançada en 2008 pelo STUDIO4°C, baseada na obra de Kiminori Wasaksugi. O enredo, como eu já disse, gira em torno das desventuras de Negishi, que odeia ter que “encarnar” o vocalista e guitarrista da banda Detroit Metal City, Krauser, (apesar de se empolgar bastante com isso) e, em certos momentos, suas personalidades entram em choque, gerando situações, no mínimo, inusitadas. É curioso notar, aliás, que Negishi é extremamente habilidoso como guitarrista. Todas as suas músicas autorais são simples, mas ele executa umas paradas cabulosas perfeitamente as músicas de death metal do DMC, enquanto canta e interage com o público (ou com o Capitalist Pig, rs).

(mais…)

APCast 3 – Shoujo

Com semanas de atraso, eis que surge nosso terceiro podcast! O primeiro a ser gravado por skype (ainda no dia do oscar) e o primeiro a ter BGMs (apesar de não termos posto em todo o cast, acabou servindo de teste). Preciso pedir desculpas pelo atraso enorme, demorei bastante pra editar o cast por todo tipo de problema em minha vida.

Mãs, o ritmo voltará a ser seguido, já tem um podcast no gatilho e outro com a edição iniciada (além de mais gente editando os casts).

Mais uma vez, espero que vocês gostem, aliás, espero saber se vocês gostaram, os comentários tão aí em baixo pra isso. Então comentem a respeito do cast, façam seus próprios top5 ou top-quanto-vocês quiserem, elogiem, xinguem o corínthians, façam parte disso conosco.

DOWNLOAD APCast.S01E03 – Shoujo

MP3 128kbps (124mb)

WMA 64kbps (62mb)

Que venha 2011!

Agora que eu parei pra notar que é o terceiro reveillon que postamos aqui… como o tempo passa rápido, heim? Aliás, acho que o dito “passar do tempo” é algo muito interessante a se observar. Há alguns “poucos” anos, muitos de nós estavam sendo contagiados por toda a magia da finada Rede Manchete e sua programação, que nos dias de hoje seria utópica. O tempo passou, mas essa ligação com a magia dos animes continua. Outros se encantaram com tal arte de outras formas, tais quais internet, amigos, eventos… não importa. Independente de como, passe o tempo que passar, essa ligação continua. Há de continuar.

E assim nós, da equipe do Anime Portfolio, desejamos um feliz ano novo para todos vocês que nos acompanham e para os que nos acompanharão. Buscaremos conhecimento trazer cada vez mais conteúdo para vocês e continuar espalhando aos quatro ventos o encanto das animações japonesas.

E que venha 2011!

Jojo’s Bizarre Adventure (OVA)

Jotaro e seu poderoso Star Platinum!

“ZA WARUDO!”

Relatando…

Jojo’s Bizarre Adventure (originalmente Jojo no Kimyou na Bouken) é uma série de 13 OVAs baseada na terceira parte do mangá homônimo de Hirohiko Araki e produzida pelo estúdio A.P.P.P. (o mesmo de Golden Boy e Tenchi Muyo! GXP). Dio Brando, um vampiro que esteve confinado em um caixão por cerca de 100 anos, desperta de seu sono e com seu despertar traz a súbita aparição de Stands pelo mundo. Coincidentemente Holly Joestar Kujo, mãe de Jotaro Kujo manifesta um Stand que a deixa doente e pouco a pouco vai tirando sua vida, de forma que sua única salvação é a morte de Dio. Sabendo disso, Jotaro  ruma para o Egito ao lado de Joseph Joestar (seu avô), Mohammad Avdol, Noriaki Kakyoin e Jean Pierre Polnareff, à procura do maligno Dio que almeja dominar o mundo e torná-lo um lugar perfeito para si e seus seguidores.

(mais…)

Kekkou Kamen

Ainda encontro uma mina que faça cosplay de Kekkou Kamen…

Relatando…

Uma grande obra do lendário mestre Go Nagai, Kekkou Kamen (“Mascarada Deliciosa”) é essencialmente uma crítica ao sistema colegial japonês, no qual os professores abusam moralmente dos alunos, chegando em alguns casos até a abusar fisicamente destes, usando métodos no mínimo antiquados para garantir que os alunos prestem atenção. Como Nagai tem estilo, ele transformou o enredo numa história onde há uma heroína que usa apenas máscara, luvas e botas vermelhas (e tira um nunchaku sabe-se lá de onde…), chamada Kekkou Kamen, que luta contra o império colegial do diretor Unha-do-pé-de-Satã. Kekkou Kamen foi lançado em 1991 e é composto por 4 OVAs de aproximadamente 21 minutos. Kekkou Kamen é uma paródia de Gekkou Kamen (um tokusatsu dos anos 50). Originalmente foi uma brincadeira que Nagai fez e enviou para seu editor, esperando que ele recusasse prontamente. Porém, seu editor adorou a história e resolveu publicá-la. Ambas as heroínas não tem suas identidades reveladas. Até o nome do vilão é uma paródia: em Gekkou Kamen é “Garra de Satã” (Satan no Tsume) enquanto que em Kekkou Kamen é “Unha do pé de Satã” (Satan no Ashi no Tsume).

(mais…)