O ogro azul dos fãs de anime e mangá…

Posts marcados ‘Kyoto Animation’

Kyon News (28/08/2015): Ossos do ofício

A vida do Kyon em bonecos – parte 4

A vida do Kyon em bonecos – parte 4

Olá! Eu sou Kyon!

Está no ar mais um Kyon News!

Manchetes do dia:

  • Ani Tore! Ex estreia em outubro
  • Divulgadas mais informaçãoes sobre Musaigen no Phantom World
  • Sakurako-san no Ashimoto ni wa Shitai ga Umatteiru estreia em outubro

(mais…)

Kyon News (14/08/2015): Uma temporada é pouco, duas tá bom, seis é demais.

A vida do Kyon em bonecos – Preparando-se para filmar...

A vida do Kyon em bonecos – Preparações para as filmagens…

Olá! Eu sou o Kyon!

E está no ar mais um Kyon News!

Manchetes do dia:

  • A novel Musaigen no Phantom World será adaptada para anime pela KyoAni
  • O eroge Wakama High Spec terá anime
  • Teekyuu terá sexta temporada

(mais…)

Kyon News K Edition (23/03/2015)

[Críticas de um Alone] – Modinhas. O que são?

Olá! Eu sou o Kyon e está no ar mais uma Kyon News! Na edição de hoje temos duas novidades de mangá, duas novidades de anime e dois trailers. Também serão informados quais foram os novos episódios de anime  legendados por fansubbers brasileiros nos últimos três dias e os episódios novos disponibilizados pelo Crunchyroll.pt nos últimos três dias. Vamos as notícias…

(mais…)

Kyon News A Edition (23/03/2015)

Clique na imagem e confira uma chuva de informações sobre o primeiro dia do Anime Japan 2015

Clique na imagem e confira uma chuva de informações sobre o primeiro dia do Anime Japan 2015

Olá! Eu sou o Administrador do blog e está no ar mais uma Kyon News! Na edição de hoje temos muitas notícias advindas a maioria do Anime Japan 2015 que aconteceu no fim de semana em Tokyo, parte das notícias que comentaria, vocês podem ver no post do Chunan clicando na imagem acima, mas ainda tem muita coisa para falar, por isso as notícias exclusivas da segunda-feira vão ficar todas para o post da madrugada junto com os lançamentos de anime no crunchyroll e das legendas dos fansubbers nacionais nos últimos 3 dias. Vamos as notícias…

(mais…)

Kyon News A Edition (06/03/2015)

Você conhece a origem do termo otaku? E qual o seu verdadeiro Significado? Clique aqui e pensa junto conosco um pouco mais sobre isso.

Você conhece a origem do termo otaku? E qual o seu verdadeiro Significado? Clique aqui e pensa junto conosco um pouco mais sobre isso.

Olá! É hora de mais uma edição matutina do Kyon News! Hoje temos duas novidades de anime e um trailer. Também temos a lista de novas legendas disponibilizadas pelos fansubbers brasileiros nessa meia sexta-feira.

(mais…)

Kyon News (28/12/2014)

Coletânea de boas festas – parte 3

Coletânea de boas festas – parte 3

Olá! Aqui é o Administrador do blog e está no ar mais uma edição da coluna Kyon News! Hoje temos um novidade de mangá, uma de anime e seis trailers. Vamos as notícias…

(mais…)

Kyon News (27/12/2014)

Coletânea de boas festas – parte 2

Coletânea de boas festas – parte 2

Olá! Eu sou o Administrador do blog e está no ar mais uma edição da coluna Kyon News! Hoje temos três novidades de mangá, três novidades de anime e dois trailers! Vale ressaltar que nesse domingo começou o Comic Market 87, então muitas notícias ainda virão nesses próximos 3 dias. Sem mais delongas, vamos as notícias…

(mais…)

Kyon News (23/10/2014)

...

Oi! Está no ar mais um Kyon News! Hoje o administrador do blog pediu para apressar o passo, porque ele está meio doente e quer dormir cedo, mas o post é meu, então… Hoje temos várias novidades de mangá e uma de anime. Vamos as notícias…

(mais…)

Kyon News (24/09/2014)

...

Oi! Está no ar mais um Kyon News! E hoje mais uma revoada de trailers, mas também há diversas novidades de mangá. Vamos as notícias de hoje…

(mais…)

Kyon News (15/08/2014)

Mas já está na hora?

Mas já está na hora? (foto tirada ontem, talvez?)

Bom dia, boa tarde e boa noite! Comiket 86 acontecendo, então está saindo trailer de tudo que é canto, mas  o pior é eu ter que ver todos eles também hoje tem notícia brasileira e norte americana. Enfim vamos começar!

(mais…)

Este é meu TOP 5 de… Continuações que espero até hoje

Yo! Fazia um tempo que aqui só tínhamos post de podcasts, mas todo mundo precisa de um tempo para si não é verdade? A  partir de hoje estou de volta as postagens escritas e volto com uma coluna que muita gente andou curtindo no fim do ano passado o Meu TOP 5. O Top de hoje, como todos os outros, seria diferente para qualquer outra pessoa que o fizesse, mas os animes que citarei aqui hoje com certeza deixaram não apenas a mim, mas a muitos, com o gostinho de quero mais e de preciso de mais! Hoje vamos falar daqueles anime que mereciam uma continuação, até porque a maioria deles são derivados de outras mídias, como mangá, onde continuaram por algum tempo ou onde continuam até hoje. Sem muitas delongas fiquem com mais esse top.

5º Lugar – Kekkaishi

Kekkaishi - Dublado - Legendado - Episodio - Anime - Manga - Assistir Online
Exibição original:
De 16 de outubro de 2006 a 12 de fevereiro de 2008
Estúdio: Sunrise
Diretor:
Kodama Kenji
Mídia Original:
Mangá
Autor da obra Original: Yellow Tanabe

Enquanto o mangá de Yellow Tanabe está quase sendo cancelado aqui no Brasil com 19 volumes apenas, no Japão o mesmo perdurou até sua edição de número 35 e teve uma adaptação animada que passou despercebida por muitos no ocidente, mas que tornou outros grandes fãs da série. O anime contou com 50 episódios, o bastante apenas para apresentar os acontecimentos que ocorrem do 1º ao 13º volume do mangá. Desde então a obra foi crescendo em fama, mas nunca mais voltou as telinhas e com o fim do mangá em 2011, as esperanças de uma segunda temporada da série foram praticamente dizimadas, uma pena para os fãs da obra original e do anime da Sunrise, como este que vos escreve.

4º lugar – Berserk

Berserk
Exibição original:
De 8 de outubro de 1997 a 01 de abril de 1998 (Série de TV)|fevereiro de 2012 a fevereiro de 2013 (Filmes)
Estúdios: OLM e Studio 4ºC
Diretor:
Takahashi Naohito
Mídia Original:
Mangá
Autor da obra Original: Kentaro Miura

A obra prima inacabada de Kentaro Miura já recebeu duas animações, uma série de tv com 25 episódios e três longa metragens que são mais recentes. Ambas as obras se focam na saga da Era de Ouro que segue até por volta de um quarto do mangá. A saga anterior a Era de Ouro apenas é apresentada rapidamente na animação para tv. Por anos, os fãs da obra de Miura sonharam com uma continuação da obra e quando foi anunciado o remake da Era de Ouro em três longas, muitos especularam que após esses longas, sairia algum outro contando uma das sagas posteriores, mas até hoje não há se quer notícias de uma continuação. O resultado não tão positivo dos longas como um todo, esfriaram ainda mais os ânimos dos fãs, porém como o mangá segue inacabado, mesmo com mais de 20 anos de publicação, ainda há esperanças, ou ao menos eu e muitos fãs da obra queremos crer nisso. Será que um dia o Guts usará a armadura de Berserk nas telinhas ou nas telonas?

3º Lugar – Kuragehime

amars
Exibição original: De 15 de outubro de 2010  a 31 de dezembro de 2010
Estúdio: Brain’s Base
Diretor:
Oomori Takahiro
Mídia Original:
Mangá
Autor da obra Original: Akiko Higashimura

Provavelmente esta é a obra mais desconhecido dessa lista, mas esse anime para mim é um dos melhores de 2010 e um das minhas obras preferidas dentre as exibidas no famoso bloco noitaminA da Fuji TV. O anime possui apenas 11 episódios e cobre pouco menos de um terço do mangá que até o momento conta com 13 volumes e segue sendo publicado. A obra mistura comédia, com drama e um perspectiva sobre otakus bem diferente da convencional, fora outros assuntos que ela arranha um pouco, como cross-dress e política. O anime ainda conta com um das aberturas mais criativas de toda a história das animações. Na época que o anime terminou o mangá possuía poucos volumes lançados, então esperava-se que após o lançamento de um número maior  de volumes, uma continuação animada fosse produzida, porém isto não ocorreu e não há nenhum indicativo que vá ocorrer. E pensar que o noitaminA só tinha anime bom até 2011, mas nos últimos dois anos… bem ainda tem algumas boas obras que se salvam, mas há outras que deviam muito bem dar lugar a uma continuação de Kuragehime.

2º lugar – Suzumiya Haruhi no Yuutsu

TheMelancholyofHaruhiSuzumiya upload
Exibição original: De 3 de abril de 2006 a 3 de julho de 2006 (Série de TV)|De 3 de abril de 2009 a 9 de outubro de 2009 (Continuação da série de TV)| 6 de fevereiro de 2010 (Filme)
Estúdio: Kyoto Animation
Diretor:
Ishihara Tatsuya
Mídia Original:
Light Novel
Autores da obra Original: Nagaru Tanigawa e Noizi Ito

Essa obra é um dos maiores fenômenos desse século, a série de animação de 2006 impressionou toda a indústria  e fez Suzumiya Haruhi e os demais membros do SOS DAN se tornarem celebridades entre o público otaku. O primeiro anime de 14 episódios impressionou não apenas pela história maluca que mistura comédia, mistério e ficção científica em um ambiente escolar, mas  também pela exibição desordenada dos episódios que dividiu opiniões. Três anos depois do primeiro anime, uma sequencia com o dobro de episódios da série original surgiu, dessa vez trazendo os episódios dp primeiro anime em ordem cronológica e mais 14 episódios novos contando acontecimentos que ocorrem entre algumas partes da história apresentada no primeiro anime, além disso, mais uma polêmica surgiu. Dessa vez por conta da famosa endless eight, uma parte da obra em que os personagens entram em loop temporal, revivendo vários vezes os acontecimentos de parte do mês de agosto. A polêmica se deu pela escolha do estúdio de usar 8 episódios quase que idênticos para contar a trama deste evento, dando a  impressão de que isso se seguiria até o fim do anime. Muitos fãs se irritaram com esta escolha do estúdio, chegando inclusive a dizer que o estúdio estava fazendo aquilo para poupar trabalho e economizar dinheiro, mas no fim o anime ainda se manteve em alta e a fama da obra seguia grandiosa. No ano seguinte o filme Suzumiya Haruhi no Shoushitsu foi um fenômeno e desbancou a bilheteria de outras famosas que saíram obras no ano de seu lançamento, se tornando tanto um sucesso de crítica quanto de público. Além das séries de tv e do filme, duas séries spin-offs de comédia foram lançadas na internet, Suzumiya Haruhi-chan no Yuutsu e Nyoron Churuya-san, ambas também fizeram bastante sucesso. O estranho é que depois do filme, nada mais foi falado com relação a uma continuação animada, nem para tv, nem para internet, nem para o cinema. A novel conta atualmente com 11 volumes e continua em publicação. Os dois últimos volumes da novel foram publicados em 2011 no Japão, depois de um hiato de 4 anos. São cerca de 7 novels ainda não exploradas pelas animações, mesmo assim quem sabe se um novo anime de Suzumiya vai sair? Eu e muitos (mas muitos mesmo) esperamos que saia.

1º lugar – Seto no Hanayome

seto-no-hanayome
Exibição original:
De 2 de abril de 2007 a 1 de outubro  de 2007 (Série de TV)| 3 de abril 2008 e 5 de janeiro de 2009 (OVA)
Estúdio: Gonzo e AIC
Diretor:
Kishi Seiji
Mídia Original:
Mangá
Autor da obra Original: Kimura Tahiko

Seto no Hanayome é uma anime de comédia baseada na obra homônima de Kimura Tahiko, e quando eu falo comédia, eu me refiro a uma daquelas que você chora de tanto rir. A obra não recebeu o melhor dos tratamentos, mas ainda assim é louvável o esforço feito pelos estúdios Gonzo e AIC ue no fim das contas criaram um bom anime. O mangá foi encerrado em dezembro de 2010 com  ao todo 16 volumes e tal como Kekkaishi, com o fim do mangá, muitas das esperanças de um anime que apresentasse a continuação da obra se foram, mesmo assim, por mais que hajam outros animes que adoraria ver a continuação, hoje em dia Seto é o anime que mais me agradaria ver a continuação, afinal os dois episódios do OVA não foram o bastante para matar as saudades e já faz quase 7 anos que espero ver um final animado para a história de Nagasumi, Sun, Lunar e cia. Sem dúvida uma das melhores obras de comédia da minha vida.

Antes de terminar esse texto, vale pelo menos fazer uma menção honrosa  a mais duas outras obras que queria muito ver a continuação, o anime de ciclismo Over Drive e o anime de comédia Danshi Koukousei no Nichijou

Bem, é isso! Esse é meu top 5 de continuações que espero até hoje, qual é seu?

Anime Portfolio no projeto Um Anime Por Dia: Tamako Market

Saiu mais um texto do Anime Portfolio para o projeto umanimepordia.com.br. E o anime recomendado esta vez é…

Tamako Market

Tamako Market é uma animação original do estúdio Kyoto Animation, o mesmo de Suzumiya Haruhi no Yuutsu, Lucky Star, Nichijou, Hyouka, Full Metal Paninc? Fumoffu, Full Metal Panic! The Second Raid, Clannad, Chuunibyou demo Koi ga Shitai!, K-ON e Free!, exibida entre 10 de janeiro e 28 de março de 2013, totalizando 12 episódios. O anime foi dirigido por Yamada Naoko, a mesma diretora de K-ON!.

A obra apresenta o dia a dia da jovem Kitashirakawa Tamako e das pessoas com quem ela convive e é situada durante um certo período de tempo, no qual um estranha ave falante passou a morar com Tamako e sua família.  A ave é um mensageiro vindo de uma ilha tropical e que estava em busca de uma mulher adequada o bastante para se tornar noiva do príncipe desta ilha supracitada. A família de Tamako tem uma loja que mochi (um tipo de doce japonês) e na maior parte do tempo a história da ave , conhecida com Dera Mochimazui, é ignorada e ele (o Dera) acaba apenas com um ser estranho que protagoniza várias cenas cômicas. O foco principal, se é que podemos dizer que uma história sobre acontecimentos cotidianos tem foco, são os diversos planos criados por Tamako e pelas outras pessoas dos estabelecimentos que fazem parte da rua comercial onde Tamako mora. Estes planos visam aumentar o número de fregueses circulando na rua comercial supracitada.

Para conferir a resenha completa de Tamako Market acesse umanimepordia.com.br.

Pensador Otaku: Cuidado com a Moeficação…

Olá a todos! Começa hoje uma nova coluna aqui no Anime Portfolio e ela será lançada de forma intercalada com a coluna A resposta é 42, falando mais claramente, em uma sábado será lançada uma edição da coluna A resposta é 42 e no outro uma edição da coluna Pensador Otaku. Sem muitas delongas… Moe Moe Kyuun!!!

Cuidado com a Moeficação…

Este slideshow necessita de JavaScript.

Essas semanas, ao ver a notícia sobre um novo anime protagonizado por garotas moe que são personificação de robôs gigantes clássicos, me vi pensando sobre um processo que vem ocorrendo de forma cada vez mais evidente nos últimos anos, a moeficação. Moeficação, como o próprio nome sugere é um neologismo criado para representar a transformação de algo não moe em algo moe, mas afinal o que significa moe?

Se você acompanha ou acompanhou ao menos um pouco o universo que existe ao redor dos animes e mangás, incluindo novels, jogos que tem arte inspirada em mangás e obras de outras mídias, já deve ter se deparado com o termo “moe“. E se você conhece bem esse universo sabe do que se trata e também que não há uma explicação aceitável para definir claramente o que é o moe, mas podemos dizer que esse termo é algo como uma característica que certos personagens (geralmente femininos) possuem, isso as tornam algo além do cute (bonitinhas), mas esse algo além está ligado ao sentimento protetivo despertado na pessoa que está vendo este personagem. Apesar de não ser fácil definir o que é moe, podemos dizer que para um personagem ser considerado moe, ele deve ter certas características, como passar a impressão de ser inocente (ou ser de fato inocente), ter um certo lado frágil, ter um visual considerado cute e apresentar expressões que a tornem uma ou todas essas características ainda mais perceptíveis. Claro que o personagem pode ter outras características além dessas e existem outras características que poderiam ser chamadas de moe, mas a priori podemos considerar que esse grupo que informei é o bastante.

Sabendo (ou quase) o que é moe, você talvez se pergunte como e quando esse termo (ou gíria) surgiu? Infelizmente a origem desse termo é incerta, porém é provável que tenha sido usado pela primeira vez entre o fim do anos de 1980 e o começo dos anos de 1990 e possivelmente se popularizou rapidamente no anos 90 com a disseminação do mesmo através de forúns de internet japoneses, em especial, o conhecidíssimo 2channel, onde várias lendas do universo otaku surgiram, como por exemplo o Densha Otoko.

Bem, mas e quanto a moeficação? Digamos que em geral o número de personagens criadas com características moe aumentaram bastante na última década, mesmo que possamos considerar que o público que consome a  maioria dos produtos desse tipo, por serem “produtos moe”, ainda fazem parte de um nicho não tão grande, porém bastante representativo, pois os membros desse grupo consomem muitos desses materiais. Claro que um pequeno nicho não gera uma fenômeno tão grande ao ponto de atingir as proporções que o “moe” atingiu e atinge, a grande questão é que ser moe até pouco tempo atrás não era algo que causava repulsa na maioria dos fãs do universo otaku, pelo contrário, em geral, algo cute e inocente tende a atrair, principalmente o público masculino, logo de uma forma ou de outra, até certo tempo o “moe” era consideravelmente bem aceito pela maioria do público, foi então que a “moeficação” teve início, pois inspirados no sucesso de personagens moe, certas produtoras decidiram tentar tornar personagens não moe em personagens moe, e em geral esse processo não causou um abalo tão grande no mercado, ou melhor, houve repulsa de alguns, porém nada que justificasse repensar a ideia (afinal haters só sabem hatear…), por outro lado, aquele nicho que era adorador do “moe”, passou a gostar de outras coisas que não eram moe, ou pelo menos, gostaram dessa nova versão dos personagens originalmente não moe’s que agora se tornaram moe’s. Alguns exemplos, fora o já citado no início do post, são: O mangá e anime Yawaraka Sangokushi Tsukisase!! Ryofuko-chan, onde famosos generais samurais do romance dos Três Reinos, se tornam garotinhas (lolis) moe (lolificação + moeficação), e o mangá 4-koma (tirinhas) Gokicha! Cockroach Girls!, que apresenta a dura vida de uma barata moe (vocês não leram errado, eu falei barata moe).

Até onde a moeficação irá não tem como sabermos, mas se você acompanha o mundo dos animes e mangás, já deve ter pensado ao menos uma vez em como personagem X ou Y seria se fosse transformado em um personagem moe. Vale ressaltar que hoje em dia há produtoras que praticamente só criam personagens moe, como é o caso do estúdio Kyoto Animation, em que mais de 70% (números não oficiais) de seus animes tem personagens com características moe. Bem, eu acredito que o moe não conhece limites e que a moeficação só tende a continuar, então é aceitar e tentar curtir o lado bom que isso trás (não é raro esse processo gerar comédias interessantes) ou virar um hater e fazer aquilo que todos os haters fazem, hatear!

Hoje fico por aqui e espero que tenham gostado da primeira edição desta coluna. Aceito sugestões para outros temas e agradeço a todos que leram esse pequeno grande texto! Até mais!