O ogro azul dos fãs de anime e mangá…

Posts marcados ‘OVA’

Extras de Mangá #6: Um pouco sobre OAD…

Olá! Hoje é dia de falar de Anime na coluna dedicada mangá, mas como assim? Hoje vou falar um pouco sobre OAD, ou Original Animation DVD, um termo utilizado principalmente para animações produzidas diretamente para Home Video que se difere de OVA (Original Video Animation ou Original Animation Video – OAV) poque OAD‘s são produções costumeiramente mais baratas e que são lançados juntamente com edições especiais de volumes de mangá.

xxxHOLiC: Rou, primeir OAD que adapta uma pequena parte do mangá xxxHolic: Rei

xxxHOLiC: Rou, primeiro OAD que adapta uma pequena parte do mangá xxxHolic: Rei

Enfim, OAD‘s tem a função de impulsionar a venda de certos volumes de mangá e servem muitas vezes como complemento de certas adaptações animadas que não cobrem toda história de um mangá em são baseadas. Diferente de OVA‘s (que começaram ser produzidos no Japão no fim dos anos 70) o costume de se lançar OAD‘s é relativamente recente. No início era comum OAD‘s serem lançados apenas com os volumes finais de certos mangás, mas com o tempo se tornou cada vez mais comum eles serem usados para adaptar arcos intermediários, ou histórias lançadas em extras do mangá original. Além disso, se tornou também comum o uso (algumas vezes) de OAD‘s em vez de OVA‘s para medir a popularidade e possivelmente analisar se vale a pena adaptar um mangá para anime.

Vale ressaltar que a utilização de OAD’s como forma de promover a venda de um volume de mangá é comum apenas no Japão e por isso mesmo não vemos muitos OAD’s ganharem versões ocidentais de maneira oficial, principalmente devido ao custo elevado de licenciamento e o custo da própria mídia, pois  muitas vezes o OAD custa quase o mesmo preço de um DVD ou Bluray comum de uma série de anime.

Enfim, o que há de bom em OAD‘s? Não existe nada de especial em um OAD’s na prática, pelo menos nada que o diferencie de um ou mais episódios de uma série de anime ou de um OVA. O grande mérito desse tipo de produto está no fato das editoras oferecerem um material a mais para colecionadores e fãs daquele mangá ao qual o OAD é associado, pois se um fã já vibra por seu mangá ter uma ou mais páginas coloridas, imagina ter uma animação que adapta especificamente um certo arco ou um extra do mangá.

School Rumble San Gakki - Seria terceira temporada mesmo?

School Rumble San Gakki seria uma terceira temporada mesmo?

Então você está me dizendo que um OAD só tem vantagens, já que o que o fã do mangá vai ter um material extra a mais (caso possa pagar por isso)? Na prática sim, muito embora OAD’s possam ser meio cruéis com pessoas que apenas acompanham anime, pois eles geralmente (quando não adaptam spinoffs) apresentam um grande spoiler, já que não respeitam a cronologia de uma série de anime. Por exemplo, A algum tempo saiu um OAD de Assassination Classroom antes da série de tv. Ignorando as questões técnicas, esse OAD apresentava um arco que apenas é mostrado no terceiro volume do mangá. Quem não lia o mangá certamente recebeu spoilers se viu esse OAD antes da série de anime estrear e ainda por cima foi jogado em uma trama sem saber sequer a ideia base do mangá.

Isso tudo não significa que OAD‘s são ruins, eles continuam sendo um extra bacana, pois por exemplo, nunca poderíamos ver uma versão animada do final do mangá School Rumble não fosse o OAD School Rumble San Gakki. Essa animação apresentou um grande pulo na narrativa em relação ao fim da segunda temporada do anime de School Rumble, mas para o público alvo dele (do OAD), que eram os fãs que leram o mangá  até o fim, foi um extra realmente incrível, já que o mesmo tem uma qualidade tão boa quanto a qualidade da clássica adaptação do mangá para série de anime.

Enfim, é uma pena que não possamos ter OAD‘s de certos animes aqui no ocidente, mas eu pelo menos vou continuar na torcida para que mais OAD‘s sejam produzidos. Como um fã de anime e de mangá eu só agradeço, ainda que eu implique um pouco com a qualidade de alguns OAD‘s.

Espero que tenham curtido saber mais sobre OAD e que comentam o que vocês acham de OAD‘s? E qual o seu OAD preferido? O meu é School Rumble San Gakki.

ANÁLISE DA PERGUNTA: Qual seu gênero preferido de mangá?

Hoje analisarei a pergunta extra do formulário do mês de Novembro de 2014 do projeto Conhecendo o Mercado Nacional de Mangás. A pergunta foi:

Qual seu gênero preferido de mangá?

Das 178 pessoas que reponderam o formulário supracitado, 123 reponderam a pergunta extra, um número que eu considero interessante. Infelizmente, como pode ser visto na tabela logo abaixo, mesmo com o aviso deixado no formulário para  se desconsiderar demografias, mais de um terço das pessoas ainda responderam a pergunta com uma ou mais demografias e sem citar gêneros. Além disso, algumas poucas pessoas forneceram outras respostas que considero inválidas como “Nenhum específico.”ou “Não tenho uma preferencia.”. De modo que  houve ao todo 68  respostas válidas.

Informações gerais.

Informações gerais (Clique na imagem para vê-la no tamanho original).

Ao todo foram escolhidos 19 gêneros diferente, dentre os quais, 11 foram escolhidos por mais de uma pessoa. Não achei surpreendente que os três gêneros mais citados foram Ação, Aventura e Comédia, mas achei um tanto curioso o quarto gênero mais escolhido ser Slice of Life, já que não é comum mangás desse gênero serem lançados no Brasil. Pessoalmente me entristeceu um pouco o fato de que os gêneros Space Opera e Esportes tenham sido escolhidos por tão poucas pessoas. Confiram abaixo o percentual de escolhas de cada gênero.

nausicaa-do-vale-do-vento-vol-1-conrad_MLB-F-4301632818_052013

Mais interessante que analisar apenas as escolhas de cada gênero é analisar as escolhas por sexo e faixa etária. Vale ressaltar que houve pessoas que escolheram mais de um gênero, por isso não foram apenas 68 escolhas. A tabela abaixo mostra com mais detalhes como ficou a escolha de cada gênero. Ela está ordenada de cima para baixo pela quantidade de escolhas de cada gênero.

Escolhas por sexo e faixa etária.

Escolhas por sexo e faixa etária.

Dentre as mulheres os gêneros mais escolhidos foram Aventura, Fantasia e ficção e Ação. Sendo o preferido entre mulheres de 10 a 15 anos o gênero Fantasia e ficção. Entre mulheres de 16 a 24 anos (a principal faixa etária do formulário) o gênero Aventura foi o campeão. Entre mulheres de 25 a 30 anos houve um empate de preferências entre os gêneros Aventura, Fantasia e ficção e Ficção científica. Por último, apenas uma mulher com mais de 30 anos respondeu a pergunta e a mesma escolheu o gênero Nonsense.

Dentre os homens os gêneros mais escolhidos foram Ação, Comédia, Slice of life e Psicológico. Sendo o preferido entre homens de 10 a 15 anos os gêneros Slice of life, Romance, Thriller, Crime e Ecchi. Entre homens de 16 a 24 anos (a principal faixa etária do formulário) o gênero Psicológico foi o campeão. Entre homens de 25 a 30 anos os gêneros preferidos foram Aventura Ação. Finalmente, entre homens com mais de 30 anos o gênero preferido foi Comédia.

Algumas das conclusões que retiro desse resultado são: (i) Muitos ainda confundem demografia com gênero (isso pode ser um bom tema para discussões futuras); (ii) ainda há gêneros de mangás não comuns ao mercado nacional que os leitores gostariam de ver com mais frequência nas bancas e lojas especializadas;  (iii) apesar de haver gêneros que são preteridos por pessoas de ambos os sexos, há uma variação de gostos a se considerar entre diferentes faixa-etárias, o que mostra que é realmente importante haver uma ampla variedade de gêneros para suprir o mercado; e (iv) infelizmente ainda não vale a pena apostar em certos gêneros (particularmente eu gostaria muito de mangás space operas, mas não parece ser muito rentável lançá-los por aqui).

Espero que tenham curtido esse post e até mais!