O ogro azul dos fãs de anime e mangá…

Posts marcados ‘Puella Magi Madoka Magica’

Kyon News (09/06/2015)

Se você é maior de idade, tem Netflix e não tem nenhum com orientações sexuais, crenças religiosas e costumes culturais diferentes do seu, vale a pena ver Sense8.

Se você é maior de idade, tem Netflix e não tem nenhum com orientações sexuais, crenças religiosas e costumes culturais diferentes do seu, vale a pena ver o seriado Sense8.

Olá! Eu sou o Kyon e Van Damn e Conan são grandes heróis!

Está no ar mais um Kyon News!

Manchetes do dia:

  • Revelado título e estúdio dos animes de 2016 do projeto Anime Mirai
  • Novo mangá de Madoka Magica é anunciado

(mais…)

Kyon News (22/10/2014)

...

Yo! Está no ar mais uma edição da coluna Kyon News! Hoje com várias novidades de mangá e um trailer. Vamos as notícias…

(mais…)

Conhecendo o Mercado Nacional de Mangás – Formulário de Fevereiro de 2014

Os Vikings estão chegando!

Os Vikings estão chegando!

Está online o  formulário de fevereiro do projeto Conhecendo o Mercado Nacional de Mangás.

Aos que já conhecem o projeto, peço mais uma vez seu apoio e sua disposição, mas aos que não conhecem, o mesmo trata-se de uma iniciativa do Anime Portfolio em parceria com os blogs AnimeCote Only good animesMangatom, Netoin!Otaku Inside e Naty in Wonderland que visa fornecer dados numéricos para que nós blogueiros e os demais fãs brasileiros de mangá possamos ter uma melhor noção de como anda o mercado nacional.

O formulário atual corresponde aos títulos que as editoras informaram no checklist do mês de fevereiro. O mesmo ficará no ar até o dia 15 de março e pode ser acessado clicando aqui ou na imagem de divulgação do projeto no menu lateral do blog.

Convido mais uma vez os demais blogueiros, podcasters, videocasters ou donos de sites especializados em mangá, a apoiar o projeto, para isso enviem um e-mail a conhecendoomercadodemangas@gmail.com informando seu interesse. E para quem não tem site, blog, podcast ou videocast, mas quer nos ajudar, peço que retwittem o formulário e que divulguem no facebook, ou no google+, ou em qualquer outra rede social.

Peço desculpas pelo atraso em postar esse novo formulário e por não ter cumprido a meta de divulgar os resultados que faltavam do ano de 2013, mas me empenharei ao máximo para divulgar tudo até próximo sábado (22/02), incluindo já o resultado de janeiro deste ano. Esse mês a pergunta extra  é sobre quais os problemas que vocês veem no modelo de publicação atual das editoras nacionais de mangá? Enfim, antes de comentar o checklist do mês, peço mais uma vez  a todos que puderem e que estiverem interessado nesses resultados: Divulguem o projeto para o máximo de pessoas conhecidas que gostam de mangá e que costumam colecionar algum mangá lançado no mercado nacional!

Um pouco sobre o checklist de fevereiro

Mais um Battle Royale "wanna be"!

Mais um Battle Royale “wanna be”!

Neste mês temos 35 títulos no formulário, sendo 1 da editora Abril, 1 da editora L&PM, 1 da editora New POP, 15 da editora Panini e mais 17 da editora JBC.

A Abril lança esse mês o segundo volume de Kingdom Hearts – Chain of Memories, o segundo mangá da franquia Kingdom Hearts publicado pela editora no Brasil. Vale ressaltar que muitos cantos do país ainda nem receberam todos os exemplares do Kingdom Hearts anterior.

A L&PM  continua com sua linha de grandes clássicos em formato de mangá e esse mês traz a versão mangá de O Crontrato Social do filósofo francês Jean-Jacques Rousseau.

Já a editora New POP lança esse mês a edição número 3 de Puella Magi Madoka Magica, sendo esse o volume final desta famosa obra.

O grande destaque da Panini é o lançamento do mangá Vinland Saga, que foi anunciado no fim do ano passado. Além disso, esse mês tem a volta de Maid-Sama!, assim sendo, a edição nacional volta a alcançar as edições japonesas. Por fim,  Deadman Wonderland termina esse mês, ao todo foram 13 volumes de muito derramamento de sangue.

Por último, a JBC tem como seu grande destaque de fevereiro o lançamento de BTOOOM!, o mangá mais aguardado desse começo de ano. Vale lembrar que esse mangá recebeu uma adaptação para anime em 2012 e o mesmo fez bastante sucesso entre os fãs brasilieros, por isso é de se esperar que o mangá também se torne popular por aqui.

Por hoje é só! Peço novamente o apoio de todos na divulgação do projeto e até mais.

Este é meu TOP 5 de… Animes dos Estúdio Shaft

Yo! Cá estou para lhes trazer mais um top pensado por minha pessoa, aliás essas últimas semanas tendem a ser as semanas das listas de 2013, pelo menos assim o é em todo fim de ano, mas o top de hoje não tem haver com obras lançadas esse ano, pois dessa vez irei fazer um top com os animes que mais gosto produzidos por um dos estúdios mais famosos da atualidade e embora sua história tenha começado nos anos de 1980, seu grande sucesso foi alcançado apenas no século 21, principalmente nos últimos anos. Hoje é dia de fazer um top de animes do estúdio Shaft. Então sem mais delongas, vamos aos escolhidos.

5º Lugar – Mahoromatic: Automatic Maiden

Eu adoraria ter uma empregada como a Mahoro!

Eu adoraria ter uma empregada como a Mahoro!

Séries e OVAs: Mahoromatic: Automatic Maiden (2001, Shaft e Gainax), Mahoromatic: Automatic Maiden – Motto Utsukushii Mono (2002, Shaft e Gainax), Mahoromatic: Tadaima Okaeri (OVA) (2009, apenas Gainax).
Diretores: Yamada Hiroyuki (As duas séries de TV) e Saeki Shouji (apenas o OVA de 2009)

Mahoromatic foi um anime que vi a muito tempo e pelo qual ganhei um apresso imenso, tanto por gostar muito dos personagens, quanto pela forma leve que a trama se desenrola. A ideia de ter uma ex androide de batalha como uma empregada por si só parece um roteiro de uma daquelas séries antigas de comédias dos anos 60 e 70, e de animes de comédia dos 90, mas a obra tende muito mais para o drama e para o romance do que para a comédia em si, que também existe é claro. Apenas desgosto de terem insistido com o lado harém que não fez muito sentido, pois havia apenas uma personagem que todos queriam ver junto ao protagonista. Bem, é um anime que talvez eu não gostasse tanto se revisse hoje em dia, no entanto é um obra que me traz boas lembranças e que me divertiu bastante.

4º lugar – Ef – a tale of Memories

Um visual de encher os olhos!

Um visual de encher os olhos!

Séries: Ef –  a  tale of Memories (2007), Ef – a tale of Melodies (2008).
Diretor: Oonuma Shin

Esse é sem dúvida uma das séries de romance com visual mais bonito que já vi, embora um pouco dramática demais, a trama é muito bem desenrolada e mesmo para pessoas como eu, que não são tão fãs de obras de drama e romance sem comédia, esse anime surpreendeu. Os personagens, embora não sejam memoráveis, tem suas motivações muito bem elaboradas e as escolhas, mesmo as que eu não teria, geram resultados muito palpáveis. É uma série excelente, sem a menor dúvida.

3º lugar – Monogatari Series

Monogatari Series

Ararararararararagi

Séries e OVA’s: Bakemonogatari (2009), Nisemonogatari (2012), Nekomonogatari (Kuro) (OVA) (2012), Monogatari Series: Second Season (2013).
Diretores: Shinbou Akiyuki (Todos), Oishi Tatsuya (Bakemonogatari), Itamura Tomoyuki (Nisemonogatari, Nekomonogatari, Monogatari Series: Second Season).

Monogatari Series é um dos maiores sucessos do estúdio e há muitos motivos para tal, além de ter tramas intrigantes com diálogos excelentes, o visual é incrível e os personagens são todos memoráveis, praticamente todos que conhecem essa obra lembram claramente o nome do protagonista e das garotas sobre as quais cada subtrama da série se desenrola, talvez o grande ponto inovador da série seja o fato de nos apresentar um grupo de subtramas que estão ligadas, mas que não fazem parte de uma grande trama maior, na verdade fazem parte da vida dos personagens, e afetam todo o mundo destes, mas cada subtrama tem um final bem definido e não é uma simples parte de uma grande história. Além disso, os já citados diálogos, são algo que maravilha todo e qualquer fã dessa obra, pois não apenas são inteligentes, às vezes nem o são, mas por serem empolgantes, como se cada conversa fosse um batalha entre os personagens e ninguém sabe ao certo quem vencerá. É  uma obra fascinante e vale a pena apreciá-la.

2º Lugar – Puella Magi Madoka Magica

O anime que mudou a maneira de se fazer Mahou Shoujo.

O anime que mudou a maneira de se fazer Mahou Shoujo.

Séries e filmes: Puella Magi Madoka Magica (2011), Puella Magi Madoka Magica: Beginnings (Filme) (2012), Puella Magi Madoka Magica: Beginnings (Eternal) (2012), Puella Magi Madoka Magica: Rebellion (Filme) (2013)
Diretores: Shinbou Akiyuki , Miyamoto Yukihiro

Sem dúvida essa série surpreendeu a muitos, por se tratar de um mahou shoujo muito denso e que começa de forma simples e feliz, se torna sombria e vai ficando cada vez mais densa até que surge uma esperança e… É  um anime incrível, que deve ser visto muitas e muitas vezes, pois existem coisas muito profundas a serem pensadas sobre o desenrolar da série, sobre cada personagem, sobre cada luta e sobre a trama como um todo. É um anime que, sem dúvida, mudou a forma de se fazer um mahou shoujo, quebrando paradigmas e até aumentando a popularidade do gênero, embora, nesse último aspecto, não foi tanto. Esse anime sem dúvida foi uma das obras mais incríveis criadas no século 21 e uma das melhores desta segunda década. Por pouco não é meu anime preferido da Shaft.

1º lugar – Arakawa Under the Bridge

A louca vida em baixo de uma ponte.

A louca vida em baixo de uma ponte.

Séries: Arakawa Under the Bridge (2010), Arakawa Under the Bridge x Bridge (2010)
Diretor: Shinbou Akiyuki , Miyamoto Yukihiro

Como um grande fãs de comédia, sempre sou um pouco exigente com esse tipo de obra, embora seja fácil me fazer rir, mas nem tanto me fazer gargalhar, e esse anime me fez quase infartar de tanto gargalhar e além de ser uma comédia nonsense, com um visual peculiar e muito bacana, o grupo de personagens é incrível. Cada personagem é interessante e divertido sozinho, porém juntos eles criam algo muito mais divertido e especial. O legal é que essa é uma trama que não penas é divertida, mas é uma obra que fala sobre pessoas que decidiram deixar o mundo normal para construir um outro melhor em baixo de uma ponte e ao longo de um rio. Um mundo onde cada um pode agir como quiser, dentro da fantasia que estiver afim de criar e em conjunto com outros como ele, vivendo todos em uma comunidade, onde se ajudam e tentam viver uma vida simples e feliz, mesmo que seja fantasiosa. Em sumo, Arakawa é uma anime complexo e divertido que eu adorei acomapnhar.

Então é isso! Em relação aos animes do estúdio Shaft, esse é meu top 5, qual é o seu?