O ogro azul dos fãs de anime e mangá…

Posts marcados ‘Samurai Flamenco’

Kyon News (15/10/2014)

E foi que fui escolhido.

E foi assim que fui escolhido.

Oi! Está no ar mais um Kyon News! Hoje temos uma edição com várias novidades de mangá e duas de anime, sendo que o administrador do blog vai apresentar uma dessas novidades. Vamos as notícias…

(mais…)

Esse é meu top 5 de… Clichês dispensáveis de anime

Serei breve, até porque todo mundo que ler o blog já deve está cansado de saber como funciona esta coluna e vem aqui só para conferir o top e contribuir com o que concordo, com o que não concorda e com o que está faltando. Quem não ler o blog deve entender rápido como tudo funciona. Dito isso, vamos ao meu top 5 de hoje…

5º lugar – Peitos com vida própria

Boing Boing Boing Boing Boing...

Boing Boing Boing Boing Boing…

Sei que esse não é lá um clichê que desmereça tanto a obra, mas tem algumas coisas pequenas que me irritam bem mais hoje, depois de tanto tempo vendo anime. Será que é tão problemático assim ter como base mulheres de verdade e movimentos reais… afinal peitos de verdade balançam também, mas não possuem vida própria e nem parecem balões de borracha.

4º lugar – Fanservice com lolis

Entendedores entenderão...

Entendedores entenderão… Ps.: Não é Hentai!

Lolis são um sucesso indiscutível, elas tem seu espaço nas animações, por vezes bem explorado, por vezes não. O problema é que há uma exagero de fanservice com lolis hoje em dia. Garotinhas que sequer menstruaram alguma vez, dão em cima de personagens mais velhos e mostram a calcinha sempre que possível, fora quando algo mais agressivo não acontece (embora nesse caso saia do lugar comum). Há quem defenda esse tipo de coisa e eu não tenho problema com lolis em animes, mas fanservice com lolis atualmente é um dos principais motivos para eu deixar animes em espera para talvez tornar a ver no futuro, quando não dropo o anime. Claro que há exceções, mas no geral eu preferia que respeitassem um pouquinho mais a “inocência” destas jovens.

3º Lugar – Adultos que parecem crianças do jardim de infância

Não é uma criança fumando e bebendo, pelo contrário, ela tem quase 30.

Não é uma criança fumando e bebendo, pelo contrário, ela tem quase 30.

Ainda no tema lolis, ou melhor, fake lolis, aqui o problema é o porquê? Uma personagem adulta com uma aparência mais jovem é interessante de vez em quando, mas há um limite. Tem certas personagens que devem ter alguma doença, pois não é possível essa pessoa ser uma adulta. Conheço muitos homens baixos e mulheres baixas, mas nem por isso parecem ainda usar fraldas. Eu imagino como os defensores do projeto de lei que proíbe a vinculação de propagandas para o público infantil reagiriam a imagem acima, mesmo sabendo que a personagem é uma mulher adulta de quase 30 anos de idade e olha que nessa imagem nem dar pra perceber tanto assim o nível de loli da personagem, na verdade, nem as lolis de fato desse anime são tão lolis.

2º lugar – A solução mais deus ex-machina possível

Só lembrar dessa cena me sinto com vontade de chorar sangue e olha que tem coisa pior nesse anime.

Só de lembrar dessa cena me sinto com vontade de chorar sangue e olha que tem coisa pior nesse anime.

Antes de mais nada é bom deixar claro que há animes com plots que exploram o absurdo como um ponto importante para o roteiro, geralmente tornando o anime galhofão, e nesses casos o quão mais absurda a solução for, melhor será para proposta do anime. Por exemplo Kill la Kill,  Jojo’s Bizarre Adventure e Tengen Toppa Gurren Lagann.

O problema é que certos animes definem algumas regras para seu universo próprio, o que nos faz perceber mais ou menos quais os limites que a obra admite, porém o roteiro de algumas destas obras, em determinado ponto, ignoram completamente tais limites e surgem soluções deus ex-machina (ou deus ex-ultra-fuck-giant-machina) do nada. A impressão é de que o roteirista simplesmente esgotou todas as suas ideias e decidiu fazer qualquer coisa que choque o expectador. E não é qualquer choque, mas um choque daqueles que dar vontade de tentar conseguir uma passagem para o Japão, afim de sequestrar toda a equipe de produção do anime e obrigá-los a refazer tudo aquilo. Quem viu Samurai Flamenco, ou o final de Samurai Deeper Kyo, ou ainda o final do anime de Soul Eater deve entender um pouco essa minha birra com este tipo de clichê.

1º Lugar – “Onii-chan daisuki!”

...

Existiu um tempo que esse clichê mal me incomodava, que sequer ele estaria nesta lista,  mas hoje em dia há situações que a simples menção ao termo “Onii-chan” é o bastante para me fazer parar de ver o anime. Nem sempre eu paro, mas é praticamente impossível relevar isso, de modo que na maioria dos casos, isso me irrita. E olha que não é uma aversão a incesto (que também é um tipo de relacionamento que irrita por ser muito mal explorado na maioria das obras que o tem), mas uma aversão há o abuso de uma relação entre uma  jovem garota e seu “Onii-chan”, que muitas vezes nem tem correlação sanguínea com a personagem feminina em questão (pode interprete isso quase sempre como um deus ex-machina). E quando surge um “Onii-chan daisuki!” é… Pode até parecer birra minha, mas conheço algumas pessoas que pensam ainda pior sobre tal clichê. E o chato é saber que esse tipo de coisa faz um sucesso absurdo entre os otakus japoneses e que, tal como os animes de colegiais, continuará a ser usada ao infinito e um pouco mais…

Enfim, após descarregar toda minha revolta contra tais clichês, chegou a hora de dizer tchau, mas vale lembrar que esse é apenas o meu top 5, por isso fica a pergunta: qual é o seu?

 

Sobre Músicas e Animes 30: Animes que não são de samurai, mas que tem samurais ou quase isso

Motoko Cute Form

Motoko Cute Form

Yo! Cá estou para lhes trazer mais uma edição complexa do podcast musical mais animado da podosfera mundial, o Sobre Músicas e Animes. Dessa vez tivemos poucos, porém grandiosos participantes. São eles: eu, Evilasio Junior, aquele que está se especializando em compreender piadas stealth,   o Carlírio Neto do blog Netoin, também conhecido como padrinho da Otakusfera brasileira e o Bebop, o senhor do ba dum tss e das piadas stealth, do Animecote.

Nessa edição tivemos um tema que parecia fácil (ao menos para mim), mas que se mostrou meio complicado, foi ele: Animes que não são de samurai, mas que tem personagens samurai ou que praticam kendô. Diante deste tema,os participantes necessitaram fazer uma árdua busca em seu histórico de obras e eis que cá trouxemos 10 excelentes temas musicais. Excelentes também são alguns dos animes aqui citados, a grande maioria comédias, e em se tratando de comédia, o podcast, mesmo com poucos participantes, continua com seu bom humor que já é uma marca registrada deste. Confiram então mais essa edição super divertida e, porque não, icônica do Sobre Músicas e Animes.

Não deixem de comentar o podcast no blog ou enviando e-mail para bloganimeportfolio@gmail.com! Estamos lendo seus comentários sempre e possivelmente eles também serão lidos nos podcasts futuros, assim como alguns destes comentários foram mencionados no fim desta edição.

Duração: 01:19:09

Podcast: Download Alta Qualidade (54.3 mb) | Download Média Qualidade (36.2 mb)

Podcast em particionado por música: Download (acesse o link e escolha a parte que quer escutar)

Feed de Podcasts do Yopinandohttp://feeds.rapidfeeds.com/45097/

Blogs participantes desta edição:

Músicas indicadas neste podcast:

  • “Go Go Cactus Man”, Cowboy Bebop
  • “Li Yu Da Na”, Love Hina
  • “Akai Coat”, Arakawa Under The Bridge x Bridge
  • “Date Time”, Samurai Flamenco
  • “Be Happy, Please”, Sister Princess
  • “Michi”, Sket Dance
  • “Be For You Be For Me”, Love Hina Again
  • “Shichitenhakki Shijou Shugi”, Hayate no Gotoku
  • “Hyadain no Joujou Yuujou”, Nichijou
  • “Koisuru Tenkizu”, Nagasarete Airantou

Temas de abertura dessa edição:

  • Tema da abertura brasileira de Beyblade
  • “Houki Boshi”, Bleach

BGM’s:

  • School Rumble OST

Extra:

  • Shingeki no Nichijo

Sobre Músicas e Animes 26: Músicas de animes cantadas por dubladores masculinos

Só no sapatinho!

Só no sapatinho!

Yo! Está no ar o Sobre Músicas e Animes 26, o podcast mais extrovertido da internet! Os scrogs que tiveram a incubência de indicar músicas nesta edição foram eu, Evilasio Junior, o Carlírio Neto do blog Netoin, também conhecido como o padrinho da Otakusfera brasileira,  o Luklukas do Chuva de Nanquim e Yopinando Shinbun,  o Bebop, o senhor ba tum tss, e o Erick Dias, o fã número da Haazawa Kana, ambos do Animecote e a Lobo Paranoico (@LoboParanoico), a nossa cantora!

O tema da vez foi Músicas de animes cantadas por dubladores masculinos, tema esse que gerou dificuldade aos participantes na hora de escolher suas músicas, porém todos conseguiram selecionar temas musicais excelentes, alguns mais clássicos, outros mais pop e há ainda aqueles mais zueiros mesmo. claro que além da excelente seleção musical e das informações sobre os animes citados, o podcast está repleto de momentos de puro bom e de citações a Boku no Pico, pra variar. Depois de escutar este podcast, comente! Vocês também podem entrar em contato conosco pelo e-mail bloganimeportfolio@gmail.com

Duração: 01:11:46

Podcast: Download Alta Qualidade (49,3 mb) | Download Média Qualidade (32.9 mb)

Podcast em particionado por música: Download (acesse o link e escolha a parte que quer escutar)

Feed de Podcasts do Yopinandohttp://feeds.rapidfeeds.com/45097/

Blogs participantes desta edição:

Músicas indicadas neste podcast:

  • “But not for me”, Sakamichi no Appolon
  • “Heart no Edge ni Idomou ~Go to Heart Edge~”, Working!!
  • “Matusoka Rin Character Song”, Free
  • “Dark Mousy´s song”, DN Angel
  • “Voice”, Tide Line Blue
  • “Exclibur”, Soul Eater
  • “I’ve Got A Feeling”, Beck
  • “Haruka, Nichijou no Naka de”, Cuticle Tantei Inaba
  • “New Order”, Wooser no Sono Higurashi 2
  • “Marukaite Chikyuu Russia Version”, Hetalia Axis Power
  • “Eternal Fellows”, Fairy Tail
  • “Hare Hare Yukai Shiraishi Minoru Version”, Luck Star
  • “Hime Hime Onoda e Tadokoro Version”, Yowamushi Pedal

Temas de abertura dessa edição:

  • “Bingo” – Dragon Ball Z: A batalha dos deuses
  • “Just One Life” – Samurai Flamenco

BGM’s:

  • Hajime no Ippo Rising OST

Extra:

8 promotion videos de temas de animes de 2013 que curti!

Listening the songs of 2013

Listening the songs of 2013

Yo! Estava pensando em fazer um texto que não fosse apenas das atualizações do blog nesta quarta e teria que ser um texto rápido, pois tenho pouco tempo livre esta noite, então escolhendo algumas músicas para um podcast especial me deparei com certos promotion videos (pv’s) de temas de animes deste ano e pensei, porque não fazer um pequena seleção tanto para divulgar músicas interessantes que provavelmente poderão não está no podcast em questão, quanto para promover clipes maneiros de bandas japonesas bacanas, pois uma das muitas coisas legais que podemos descobrir ao ver animes, são boas bandas do cenário musical japonês. Então o esquema deste post é simples, vou apresentar o pv e em seguida tecer alguns comentários. Sem mais delongas, fiquem com as minhas indicações de pv’s de 2013.

Yankan Hikou

Anime: Hajime no Ippo: Rising
Banda: Wasureranneyo

A segunda sequencia de uma das melhores séries animadas de esporte tinha que ter mais uma boa música, por sinal as séries de Hajime no Ippo tem uma lista de trilhas invejáveis e essa música é uma das melhores, aliás essa abertura é incrível, pra mim é a segunda melhor contando todas as séries de Hajime. Nesse clipe o ponto de virada quando a garota sobe na mesa do restaurante e faz seu show pessoal é como um momento de libertação para ela, ficou bem legal mesmo e nem foi lá um clipe tão maluco como esses clipes japoneses de músicas mais agitadas costumam ser. E pra terminar, será que só eu sempre canto o “Yeah Yeah”  quando estou ouvindo esta música.

STAR

Anime: Chihayafuru 2
Banda: 99RadioService

O 99RadioService é uma banda que passei a conhecer esse ano graças a este anime e eles tem um estilo musical bem interessante que me agrada.  Quanto a Chihayafuru 2, sem dúvida foi um dos animes que mais me empolgou e me emocionou no ano, fora que foi a grande salvação do primeiro trimestre, apesar de haver pelo menos mais 3 animes do começo do ano que eu curti, mas nenhum chegou nem perto de ser tão bom  quanto Chihayafuru e,  apesar do que o Taichi fez como criança na primeira temporada ter deixado muita gente até hoje irritado com o personagem, eu ainda torço por ele, as chances são mínimas, mas quem sabe ele não consegue ficar com a Chihaya no fim. O clipe é levemente maluco e pra mim o ápice é  banda toda tocando a música dentro do ônibus e a cena da bailarina no final ficou bem zoada, coisa de clipes japoneses.

Reclimb

Anime: Yowamushi Pedal
Banda:  ROOKiEZ is PUNK’

Deve ter sido muito divertido gravar esse clipe, dar pra perceber pelo sorriso do moleque no final e o que foi aquele cara com roupa de esqueleto, aliás é um clipe sobre como se trollar uma pessoa desprevenida, pois eles preparam o estúdio direitinho, todo os instrumentos estão lá e de repente eles começam a fazer air guitar, air bass, air drums e etc. Yowamushi Pedal é um dos animes mais divertidos do ano e conta com um dos núcleos de personagens mais estilosos também e sua trilha sonora faz jus a boa qualidade do anime, se você gosta de animes de esporte tem de conferi-lo.

Anniversary

Anime: Magi: The Kingdom of Magic
Banda:  SID

Gosto da banda desde que escutei a primeira vez eles cantando a música USO que faz parte da trilha de Full Metal Alchemist Brotherhood, ela tem um estilo meio Larc~en~ciel depois de largar o VK. O clipe não é surpreendente, mas é sempre legal ver esses vídeos de pessoas desenhando, principalmente desenhos maneiros. Quanto ao anime, estou gostando bastante desta segunda temporada de Magi e essa música é ainda melhor que V.I.P que é o tema de abertura da primeira temporada também cantada pela banda SID.

Database

Anime: Log Horizon
Banda:  Man With A Mission

A primeira coisa que me veio a mente ao ver esse clipe foi “What Does The Fox Say?”… Fora a vestimenta estranha da banda e o nerdão atormentado, a música é bem legal. O anime veio para dividir opiniões, por um lado uma parcela das pessoas acham que é uma obra que serve pra mostrar para Sword Art Online como se faz anime de MMORPG  bom e outra parcela nem se dar ao trabalho de vê-lo pelo fanatismo por SAO, sorte dos que estão vendo e nem se importam, ou não viram SAO, assim ficam de fora  deste embate. Em minha opinião, independente de você ter visto e gostado de SAO, esse é um anime que vale a pena mesmo, pois tanto o roteiro quanto a qualidade técnica  são acima da média.

Samurai Rock

Anime: Gifuu Doudou!! Kanetsugu to Keiji
Banda:  Koji Kikkawa

O clipe podia se chamar Samurai Punk Rock. Não sei se o mais foda é o cantor ser estiloso e badass ou se são os punks trajados de samurai que vão o enfrentar. Estou cada vez mais curtindo as músicas desse cara que também canta a segunda abertura deste anime, outra música muito boa. Essa música combina perfeitamente, não apenas com o vídeo de abertura, mas com todo o anime, aliás esse é um anime bem de nicho para fãs de obras de samurais mais históricas e políticas e com algumas lutas legais, embora não tão bem animadas, para mim essa obra foi uma grata surpresa deste ano.

Yukitoki

Anime: Yahari Ore no Seishun Love Come wa Machigatteiru!
Banda:  Yanagi Nagi

Caramba que viajem esse clipe! Oregairu é um dos animes mais contestados do ano, mas particularmente foi um dos que mais gostei, principalmente devido ao protagonista. A trilha da série não é incrível, mas me diverte  e em minha opinião essa é a melhor música do anime.

Just One Life

Anime: Samurai Flamenco
Banda:  Spyair

Essa é aquela música de que todo gamer quer distância… Tá bom a piada foi péssima, mas a música é bem maneira e essa é outra banda que não conhecia. Gosto bastante da trilha de Samurai Flamenco e principalmente  da abertura,  aliás até o episódios 7 o anime é excelente, depois… bem ainda estou tentando entender o que houve e continuando a série. O clipe é bem simples, duas locações, show pirotécnico, uma música maneira e uma típica banda de rock japonesa, onde parece que o único empolgado, pelo menos o único que se destaca, é o vocalista.

Enfim é isso, indiquem outros clipes do ano que gostaram nos comentários e até o próximo post!